Darrion Caldwell e AJ McKee se enfrentam no Bellator 253 e prometem destronar Patrício Pitbull

Atletas fazem a luta principal para definir o finalista do GP dos penas e afirmam que vão chocar o mundo, caso enfrentem o brasileiro

D. Caldwell e AJ McKee se enfrentam de olho em P. Pitbull. Foto: Reprodução/Instagram

O longo reinado de Patrício Pitbull no Bellator faz muitos fãs acreditarem que não há mais ameaças para ele na organização e o imaginam no UFC, mas não é bem assim. Na edição de número 253, evento que será realizado nesta quinta-feira (19), em Connecticut, nos EUA, Darrion Caldwell e AJ McKee estão dispostos a mostrar valor. Os atletas se enfrentam na luta principal para definirem um dos finalistas do GP do peso pena (65,8kg) e já estão mirando um possível encontro com o brasileiro.

Na coletiva de imprensa pré-show, os norte-americanos mostraram muita confiança de que têm o que é preciso para destronar Pitbull e chocar o mundo. Caldwell lembrou que já venceu um dos parceiros do campeão e que está disposto a bater nele e em seu irmão. Por outro lado, McKee foi ambicioso e deseja ter o cinturão tanto dos penas, quanto dos leves (70,3kg).

Veja Também

Presidente do Bellator parabeniza Fabrício Werdum por assinar com a PFL: ‘Encontrou uma casa melhor’
Patrício Pitbull comenta nocaute sobre companheiro de McGregor: ‘Não sou José Aldo’
Presidente do Bellator destaca qualidade de Patrício Pitbull: ‘Temos sorte de lutar aqui’
Após vencer parceiro de Conor McGregor, Patrício Pitbull gostaria de enfrentar a estrela irlandesa
Empolgado com mais uma vitória no Bellator, Patrício Pitbull afirma: ‘Sou o melhor pena do mundo’

“Sou muito comprido e esguio para ele. Posso fazer o que eu quiser com Patrício. Se eu usar meu wrestling, será uma noite muito curta para ele. Sinceramente, posso vencer Patrício em qualquer lugar. A luta dele contra Pedro foi exatamente como achei que seria. Patrício é poderoso e Pedro ficou na frente dele. Sabia que seria nocaute. Quando venci Leandro, Patrício ficou com um gosto amargo na boca. Parece que sempre quando um dos Pitbulls perdem, os outros querem enfrentar o lutador que os venceu. Bati no mais novo e o mais velho apareceu para falar besteira. Quando alguém faz isso, também falo e vamos lutar. Bato no irmão dele também”, disse Caldwell.

“Esses são anos cruciais para a minha carreira. Sinto que o cinturão deve ter outro dono. Patrício tem o dos penas e leves e estou de olho. Tenho 25 anos e quero ser campeão duplo! No passado, disse que seria campeão e estou perto de realizar um sonho. Estou esperando e ansioso. Cansei de ver Patrício segurando o que é minha propriedade. O cinturão precisa voltar para a casa. Meu plano sempre foi enfrentá-lo. Darei uma pequena amostra do que lhe aguarda e, depois do cinturão dos penas, pego o dos leves”, disse McKee.

Vale lembrar que Darrion Caldwell, de 32 anos, já foi campeão do peso galo (61,2kg) do Bellator, justamente, em cima de Dudu Dantas. A vitória sobre Leandro Higo foi sua primeira e única defesa de cinturão. Agora, ‘The Wolf’ busca uma vaga na final do GP da categoria de cima.

Já AJ McKee é uma das maiores promessas do Bellator. O atleta, de 25 anos, está invicto no MMA, iniciou sua carreira em 2015 e possui 16 vitórias, sendo todas as lutas realizadas pela organização. ‘Mercenary’ é filho do ex-lutador Antonio McKee e suas vitórias mais marcantes foram diante do ex-campeão, Pat Curran, e os nocautes aplicados em John Macapá, com pouco mais de um minuto de luta, e Georgi Karakhanyan, em incríveis oito segundos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments