Jacaré começa bem, mas acaba surpreendido por um nocaute brutal de Kevin Holland no UFC 256

Brasileiro volta a apostar no jiu-jitsu, mas acaba sendo vítima de um momento de distração e sucumbe no primeiro round

R. Jacaré (esq.) sofre nocaute brutal no UFC 256. Foto: Reprodução/Instagram

A volta de Ronaldo Jacaré à divisão dos médios (até 83,9kg.) acabou não saindo como o planejado. No confronto contra Kevin Holland, realizado neste sábado (12), pelo UFC 256, em Las Vegas (EUA), o brasileiro começou bem, mas acabou pecando em um momento de distração. Mesmo apostando no jiu-jitsu, o amazonense acabou sucumbindo com um nocaute no primeiro round, quando estava em posição de vantagem no chão.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Um dos principais nomes da história recente do peso médio no MMA, Jacaré precisava de um resultado positivo para recuperar o caminho das vitórias em seu retorno à categoria em que viveu os melhores momentos de sua carreira. Com o revés, o brasileiro, agora, amarga cinco derrotas nas últimas sete lutas.

Se Ronaldo não tem motivos para comemorar, Kevin Holland pode dizer ao contrário. O norte-americano, neste final de semana, completou sua quinta luta em 2020. Para completar o feito, o atleta não soube o que é perder nesta temporada.

PUBLICIDADE:

A luta

O duelo começou com Holland atacando Jacaré com um cruzado de direita. Imediatamente, Ronaldo buscou as pernas do adversário e levou o confronto para o chão. O norte-americano conseguiu se levantar, mas o brasileiro seguia colado à perna direita do oponente. Jacaré voltou a derrubar Kevin, mas acabou surpreendido com uma sequência de socos de baixo para cima do adversário. Ronaldo acabou apagando, enquanto o norte-americano seguia golpeando, obrigando o árbitro a decretar o nocaute.

Resultados do UFC 256

CARD PRINCIPAL

PUBLICIDADE:

Peso mosca: Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno empataram na decisão majoritária dos juízes (47-46, 47-47, 47) – Luta pelo cinturão

PUBLICIDADE:

Peso leve: Charles do Bronx derrotou Tony Ferguson na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-26)

Peso palha: Mackenzie Dern derrotou Virna Jandiroba na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso médio: Kevin Holland derrotou Ronaldo Jacaré por nocaute a 1m45s do R1

Peso pesado: Ciryl Gane derrotou Junior Cigano por nocaute técnico a 2m34s do R2

CARD PRELIMINAR

Peso pena: Cub Swanson derrotou Daniel Pineda por nocaute a 1m52s do R2

Peso leve: Rafael Fiziev derrotou Renato Moicano por nocaute a 4m05s do R1

Peso pena: Gavin Tucker derrotou Billy Quarantillo na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso palha: Tecia Torres derrotou Sam Hughes por nocaute técnico (interrupção médica) a 5m do R1

Peso pena: Chase Hooper finalizou Peter Barrett com uma chave de calcanhar a 3m02s do R3

Podcast #63: Blachowicz merece enfrentar Glover pelo cinturão do UFC? Lyoto perde no Bellator e se complica



Comentários

Deixe um comentário