Empresário de Do Bronx discorda de luta contra Gaethje: 'Ele merece ir direto ao cinturão' | SUPER LUTAS

Empresário de Do Bronx discorda de luta contra Gaethje: ‘Ele merece ir direto ao cinturão’

Brasileiro, que vem de oito vitórias seguidas, pode fazer mais uma luta antes da disputa de título pelo cinturão dos leves

Empresário de C.do Bronx discorda de luta contra J.Gaethje: ‘Ele merece ir direto ao cinturão’ Foto: Reprodução / Twitter @ufc

A declaração do presidente do UFC, Dana White, de que Charles do Bronx pode ter que lutar contra Justin Gaethje antes da disputa de cinturão dos leves (até 70,3 kg.) não agradou ao empresário e treinador Diego Lima. Em entrevista, ele ressaltou que o brasileiro já fez o suficiente para uma disputa de título ao emplacar uma sequência de oito triunfos seguidos no Ultimate.

Veja Também

“Sinceramente, acho que ele merece ir direto para o cinturão. Ele vem de oito vitórias consecutivas, venceu Kevin Lee em grande estilo e dominou Ferguson, que é um dos melhores da divisão e venceu 12 consecutivas antes de perder a luta pelo título (justamente contra Justin Gaethje). Então acho que Charles está pronto e tem credibilidade suficiente para lutar pelo cinturão”, disse Diego Lima, em entrevista ao MMA Fighting.

Diego Lima também revelou que também planeja renovar o contrato de Charles do Bronx com o Ultimate e acertar a disputa de título em breve. Para ele, Justin Gaethje não acrescentaria em nada na carreira do brasileiro.

“Com todo o respeito, Khabib atropelou [Gaethje] e isso deve contar muito. Acho que a próxima luta do Charles tem que ser pelo cinturão contra o vencedor de Poirier e McGregor, não Justin Gaethje. (…) Queremos renovar o contrato e agendar a próxima luta do Charles – e se Deus quiser, será pelo cinturão. A posição que ele está agora, a quantidade de vitórias que conquistou, o que ele fez na última luta (contra Tony Ferguson), acho que ele merece um upgrade na bolsa. É mais do que merecedor. Não só pela sua posição no ranking, mas também pelo seu histórico na organização. Mais bônus, mais finalizações, mais finalizações. Ele pode quebrar dois ou três recordes nas próximas lutas”, concluiu.

Na carreira, Charles do Bronx conta com um cartel de 30 vitórias, oito derrotas e uma luta sem resultado. Em sua última luta, derrotou o ex-campeão interino Tony Ferguson, no UFC 256, que ocorreu em dezembro de 2020. Posteriormente, o brasileiro revelou o desejo de enfrentar o vencedor da revanche entre Conor McGregor e Dustin Poirier. Os dois se enfrentam no próximo dia 23, pelo UFC 257.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments