Cormier sugere que vencedor de luta entre Chandler e Hooker desafie McGregor | SUPER LUTAS

Cormier sugere que vencedor de luta entre Chandler e Hooker desafie McGregor

DC diz que quem sair vitorioso deve aproveitar e citar o nome da estrela irlandesa como um adversário ideal para o próximo combate

D. Cormier (foto) diz que M. Chandler e D.Hooker têm oportunidade de ouro para alavancarem suas imagens na organização. Foto: Reprodução/Instagram @dc_mma

O UFC 257 traz o combate entre Michael Chandler e Dan Hooker, válido pela categoria dos leves (até 70,3 kg.), que ocorrerá no Etihad Arena da ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi,  dia 23 de janeiro. Os lutadores farão a segunda maior atração da noite, atrás apenas da revanche entre Conor McGregor e Dustin Poirier. E, na opinião do ex-campeão meio-pesado (até 92,9 kg.) e pesado (até 120,2 kg.) do Ultimate, Daniel Cormier, o vencedor deve aproveitar a influência e prestígio de ter o irlandês no card para chamá-lo por uma luta.

Veja Também

“Para (Michael) Chandler estar no co-evento principal, isso o coloca em uma posição perfeita. E Dan Hooker também. Se eu fosse Dan Hooker e ganhasse, imediatamente diria algo sobre McGregor. Quem ganhar no peso leve deve dizer algo sobre ele. Porque adivinhe? McGregor não tem a capacidade de não responder e vai dizer algo de volta. Ele tem o poder de dizer algo e elevar seu nome. Existe um nível de estrelato que vem com a luta e com esse cara que eu nunca vi antes”, opinou Cormier, no programa ‘DC & Helwani’, na ESPN americana.

Daniel Cormier se diz entusiasmado para o combate e analisou o encaixe dos lutadores e a estreia de Michael Chandler. Para ele, será uma das maiores e mais difíceis lutas da carreira do norte-americano.

“Luta desafiadora. Fora Patricio Pitbull, que é fantástico, essa será a luta mais dura que ele (Chandler) já fez. Quando você olha quem é Dan Hooker hoje, em seu auge, saindo de uma luta principal contra Dustin Poirier em uma guerra por mais de 25 minutos, vê que é facilmente uma das maiores lutas em que Chandler já se envolveu”, finalizou DC.

Aos 34 anos, Michael Chandler foi contratado pelo UFC após encerrar seu contrato com o Bellator. Na organização, ele chegou a ser campeão peso leve em três oportunidades. Atualmente, o norte-americano tem um cartel de 21 vitórias e cinco derrotas e não luta desde agosto de 2020, quando nocauteou o veterano Ben Henderson no primeiro round.

Dan Hooker, de 30 anos, chega ao combate após uma guerra contra Dustin Poirier, em julho de 2020. Na ocasião, ele perdeu por decisão unânime em um dos melhores combates do ano. O australiano conta com um histórico de 20 triunfos e nove reveses no MMA profissional.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments