Tyron Woodley faz análise polêmica sobre ida de Israel Adesanya aos meio-pesados | SUPER LUTAS

Tyron Woodley faz análise polêmica sobre ida de Israel Adesanya aos meio-pesados

Ex-campeão dos meio-médios, norte-americano critica decisão do nigeriano e sugere ‘medo’ de Jon Jones

T. Woodley (foto) acusou I. Adesanya de temer J. Jones. Foto: Reprodução/Instagram

Antigo campeão dos meio-médios (até 77kg.) do Ultimate, Tyron Woodley ainda não recebeu bem a notícia de que Israel Adesanya se testará nos meio-pesados (até 93kg.) contra Jan Blachowicz. Em entrevista ao ‘Helen Yee Sports’, o norte-americano criticou a atitude do nigeriano e insinuou que o nigeriano teria evitado enfrentar Jon Jones. Superluta entre líder dos médios (até 83,9kg.) e o polonês acontece no UFC 259.

Veja Também

“Achei que Adesanya tinha alguns negócios a fazer nos médios. Logo depois que Jones subiu para os pesados (em agosto de 2020), Adesanya subiu para os meio-pesados. Mas ele disse que não iria para os meio-pesados enfrentar Jones. Se você diz ser o melhor, agora, subirá de categoria para enfrentar Blachowicz? Você não faria isso contra Jones?”, avaliou o Woodley.

O antigo dono do cinturão dos meio-médios, então, polemizou ainda mais ao sugerir que Israel evitou um duelo contra ‘Bones’, que reinou absoluto por 10 anos na divisão até 93kg. Para o norte-americano, o nigeriano encontrou um ‘atalho’ para tentar conquistar seu segundo cinturão no UFC.

“Adesanya teve a oportunidade de enfrentar o maior lutador de todos os tempos e quis esperar dois anos. Ele deve fazer o que quiser, mas não saia por aí provocando Jones. Jones o desafiou, mas Adesanya negou e pediu mais tempo. Um ano depois, Jones subiu e Adesanya também. Todos querem ser duplos-campeões, mas não se brinca com Blachowicz”, finalizou.

Em 2019, depois de conquistar o cinturão dos médios e se consolidar como um dos maiores nomes da história recente do Ultimate, Adesanya passou a provocar Jones. Sempre provocador, ‘Bones’ não se calou e ambos passaram a trocar farpas nas redes sociais.

Diante de Blachowicz, Israel, além de tentar conquistar seu segundo título, tentará se manter invicto no MMA. Hoje, o nigeriano soma 20 triunfos consecutivos e não sabe o que é perder na modalidade.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments