Direto, ex-campeão minimiza importância de Henry Cejudo no peso galo do UFC | SUPER LUTAS

Direto, ex-campeão minimiza importância de Henry Cejudo no peso galo do UFC

Última vítima do ‘Triplo C’, Dominick Cruz explica por que acha que carrasco dificilmente voltará a competir; cifras milionárias são pontos importantes

H. Cejudo fez história ao se tornar duplo-campeão do UFC. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Última vítima de Henry Cejudo, Dominick Cruz é direto ao analisar a possibilidade da volta do ‘Triplo C’ ao MMA. Ex-campeão dos galos (até 61,2kg.) o atleta, que também é comentarista na modalidade, explicou por que acredita que dificilmente seu carrasco irá voltar a competir. Sem rodeios, a lenda da divisão falou sobre o assunto.

Veja Também

“Não acho (que Cejudo volte). Ele tem essa coisa de achar que vale milhões de dólares. Acho que Dana (White, presidente do Ultimate) não se importa. Então, provavelmente não (voltará), porque ele quer uma quantia de dinheiro antes de voltar e lutar. Não sei se ele receberá isso”, afirmou Cruz, em entrevista à ‘ESPN’.

Líder da categoria em duas ocasiões (2010-2011; 2016), Dominick usou como argumento a atual situação do peso galo. Hoje, a divisão é considerada uma das mais perigosas de toda a organização e, assim, a ausência de Cejudo, segundo o ex-campeão, poderia não trazer o prejuízo que o ‘Triplo C’ imagina.

“Quando se olha o resto da categoria, Petr Yan e Aljamain Sterling, dois desafiantes que estão lutando pelo cinturão, aqueles caras não estão pedindo um caminhão de dinheiro. E eles vão trazer uma grande luta para a mesa (UFC 259). Por que trazer o Cejudo de volta? Ele não traz audiência extra. Se você é Conor McGregor, Ronda Rousey, tem mais espectadores. Mas, se você é Henry Cejudo? (…) Eles estão meio que rindo dele”, finalizou.

Henry fez história no Ultimate ao conquistar o título dos moscas (até 56,7kg.) e, cerca de um ano depois, ganhou o cinturão dos galos. O atleta chegou a defender os dois títulos e se inseriu no seleto grupo de combatentes que lideraram duas divisões distintas.

O ‘Triplo C’ anunciou sua aposentadoria em maio de 2020, quando bateu o próprio Dominick Cruz. Fora do esporte há quase um ano, o norte-americano vem ensaiando um retorno, mas, até o momento, a decisão não saiu do papel.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments