Treinador de Adesanya elogia Blachowicz e não descarta revanche do pupilo com o polonês no futuro | SUPER LUTAS

Treinador de Adesanya elogia Blachowicz e não descarta revanche do pupilo com o polonês no futuro

Um dos responsáveis pela preparação do nigeriano, Eugene Bareman assume postura realista sobre derrota no UFC 259, mas garante foco na recuperação

I. Adesanya (dir.) foi derrotador por J. Blachowicz no UFC 259. Foto: Reprodução/Instagram

Há males que vêm para bem. Essa frase pode resumir a postura de Eugene Bareman, um dos técnicos de Israel Adesanya, após a derrota do pupilo no UFC 259. Analisando o revés do nigeriano diante de Jan Blachowicz, o treinador acredita que o resultado negativo irá somar na carreira de seu atleta e não descarta uma futura revanche contra o polonês. Em entrevista ao ‘Submission Radio’, o preparador falou sobre o assunto.

Veja Também

“Nós aprendemos muito, para ser honesto. (…) Somente uma derrota pode trazer à tona atenção aos detalhes, uma empolgação para fazer de novo e consertar algumas áreas e repensar algumas coisas. Estamos empolgados com esse revés. Podemos usar isso e levar as coisas para outro nível”, afirmou o técnico.

Após a fala, Bareman tratou de esclarecer que não pretende tirar os méritos de Blachowicz no confronto. Para o treinador, o polonês, que defendeu o título dos meio-pesados (até 93kg.) mereceu o triunfo, quando controlou as ações do nigeriano por boa parte da disputa.

“Acho que Israel foi bem. Ele teve sua melhor apresentação? Não. Foi terrível? Não. Ele apenas teve um oponente muito bom na sua frente. (Jan) também teve uma grande equipe, com uma boa estratégia e as respostas certas. (…) Não vamos tirar os créditos do Jan. Ele foi muito bem”, contou.

Embora Adesanya e sua equipe tenham admitido publicamente que o plano do nigeriano é retornar ao peso médio (até 83,9kg.), onde é campeão, uma nova luta contra Blachowicz não é carta fora do baralho. Com mentalidade vencedora, a equipe de Israel pensa em reeditar o duelo no futuro.

“Nós somos competitivos. (…) Israel vai descer (de divisão) e dominar o peso médio por um tempo. Eu vejo Jan tendo um longo reinado como campeão. Acho que vamos persegui-lo de novo. É um adversário que vale a pena. Não posso prever o futuro, mas vamos ‘caçar’ a ‘Força Polonesa’ de novo”, finalizou.

O revés para Blachowicz marcou o primeiro resultado negativo de Adesanya como profissional no MMA. Antes disso, o nigeriano ostentava uma sequência de 20 triunfos.

Campeão nos médios desde 2019, ainda não há previsão sobre quando Israel voltará ao octógono. Sua última apresentação na categoria aconteceu em setembro de 2020, quando bateu Paulo Borrachinha e defendeu seu cinturão pela segunda vez.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments