Valentina Shevchenko acredita que não vai enfrentar Weili Zhang em superluta e explica motivo | SUPER LUTAS

Valentina Shevchenko acredita que não vai enfrentar Weili Zhang em superluta e explica motivo

Campeã do peso moscas coloca hegemonia da líder das palhas em cheque e vê duelo distante da realidade

V. Shevchenko acredita que não irá enfrentar W. Zhang Foto: MONTAGEM SUPER LUTAS

A campeã do peso moscas(até 56,7kg), Valentina Shevchenko, parece não acreditar em uma superluta a campeã dos palhas (até 52,1 kg), Wheili Zang. Segundo a quirguistanesa, o reinado da chinesa poderá ser interrompido em seu próximo compromisso. Em entrevista ao canal ‘Fanatics View‘, a combatente expôs sua opinião e entendeu o confronto como distante da realidade.

Veja Também

“Eu não quero apressar isso, porque eu ainda acredito que Rose (Namajunas) vai ser a vencedora (contra Zhang, no UFC 261). se acontecer assim, não há mais conversa. Vamos ver o que vai acontecer naquela noite e eu vou olhar para essa luta. Se Weili ganhar, tudo bem. Eu não vejo nenhum problema em lutar com ela, porque ela é uma boa lutadora. Vai ser uma preparação maciça para fazer o meu melhor na minha luta (contra Jéssica Andrade, também no UFC 261). Depois vamos ver o que vai acontecer”, disse Shevchenko.

Uma superluta entre a chinesa e a atleta do Quirguistão vem sido especulada nos últimos meses. O presidente do UFC, Dana White, afirmou que estaria aberto a marcação do combate entre as duas campeãs, caso as atletas continuem vencendo as suas adversárias.

No UFC 261, que acontecerá no dia 24 de abril, em Las Vegas (EUA), Zhang e Valentina irão defender os seus cinturões. Enquanto Valentina protagoniza a luta co-principal, contra Bate-Estaca’, a chinesa encerrará o espetáculo contra Namajunas.

Após sua transição do Kickoxing pra o MMA, Shevchenko construiu um cartel de 20 vitórias e três derrotas. Seu último revés, foi para a brasileira Amanda Nunes, em setembro de 2017, quando ainda lutava nos pesos galo (até 61,2kg.). Desde então, a atleta de 33 anos desceu de divisão e emendou oito vitórias consecutivas, e ostenta o título das moscas desde 2018.

 

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments