St-Pierre oferece conselhos a McGregor sobre conciliar dinheiro e espírito de competição | SUPER LUTAS

St-Pierre oferece conselhos a McGregor sobre conciliar dinheiro e espírito de competição

Ex-campeão dos meio médios (até 77,1kg) e dos médios (até 83,9kg) deu dicas para o irlandês recuperar o caminho das vitórias em sua carreira

G. St-Pierre (foto) negou volta ao MMA para encarar K. Usman. Foto: Reprodução/Instagram

Ex-campeão dos meio-médios (até 77,1kg) e médios (até 83,9kg.), Georges St-Pierre, ofereceu conselhos a Conor McGregor ao ser perguntado sobre a recente derrota do irlandês para Dustin Poirier, em janeiro desse ano. O canadense comentou sobre como reagiu quando começou a ganhar muito dinheiro e sugeriu ao ‘Notório’ que saia da sua zona de conforto. A declaração foi concedida a ‘ESPN‘ americana.

Veja Também

“Quando fiz meu primeiro milhão, claro, minha vida mudou. Eu estava muito mais seguro e sentia que não estava lutando pela mesma razão que no início. Quando eu era pobre, eu estava no limite. Eu sabia que se eu perdesse, a minha vida se tornaria uma bagunça. Mas quando você ganha dinheiro, essas coisas mudam”, disse GSP.

Ainda durante a entrevista, St-Pierre afirmou que, para o irlandês voltar ao seu caminho de vitórias, precisa estar em um ambiente onde ele seja cobrado e não apenas seja o ‘chefe’. Segundo o canadense, McGregor precisa seguir as ordens dos seus treinadores, mesmo que não o agrade.

“Você precisa sair da sua zona de conforto. Você não pode ficar confortável em uma preparação para um combate. Quando você estiver em um octógono, você não estará em sua zona de conforto. Para Conor voltar ao caminho do sucesso, ele precisa sair disso. Ele não pode ser o chefe do seu treinamento, ele precisa de seus treinadores para dizer: ‘Você precisa lutar com esses caras, você precisa ir lá e fazer isso’, mesmo que não o agrade, ele precisa passar por isso”, encerrou o ex-campeão dos meio-médios.

Atualmente aposentado, Georges St-Pierre finalizou a sua carreira com um cartel de 26 vitórias e duas derrotas. Em seu último combate, derrotou Michael Bisping, na disputa do título dos médios (até 83,9kg), em novembro de 2017, entrando para a seleta lista de atletas que somaram títulos em divisões diferentes.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments