Com Khabib no corner, Abubakar Nurmagomedov vence a primeira no Ultimate | SUPER LUTAS

Com Khabib no corner, Abubakar Nurmagomedov vence a primeira no Ultimate

Primo do ex-campeão dos leves (até 70,3kg.) domina os três rounds e triunfa no card preliminar do UFC 260

A. Nurmagomedov volta a vencer no Ultimate. Foto: Reprodução/Instagram

Sob os olhares de Khabib, Abubakar Nurmagomedov teve um bom resultado no card preliminar do UFC 260. O russo, que estava pressionado após uma derrota e um empate, se recuperou em bom estilo. Com boa intensidade na luta em pé, o atleta foi dominante durante os 15 minutos diante de Jared Gooden e venceu na decisão unânime dos juízes.

Veja Também

Com o resultado, Abubakar Nurmagomedov vence a primeira no Ultimate e agora acumula um cartel de 16 vitórias, três derrotas e um empate.

Por outro lado, Jared Gooden é derrotado pela segunda vez seguida e ainda não sabe o que é triunfar na organização. O norte-americano tem um retrospecto de 17 resultados positivos e seis negativos na carreira.

A LUTA

Com movimentação característica da ‘Família Nurmagomedov’, Abubakar apostou na trocação franca no primeiro round do confronto contra Jared Gooden. O russo tentava ‘acelerar’ o norte-americano, que permaneceu na guarda baixa e esquivas, mas pouco progrediu.

Na volta ao segundo round, o início foi marcado pela troca de jabs e muito estudo entre os combatentes. Gooden movimentou a cabeça e foi surpreendido por Nurmagomedov, que conectou uma direita limpa e desequilibrou seu adversário, mas não conseguiu nocauteá-lo.

Em round decisivo e à pedido de Khabib, Abubakar Nurmagomedov garantiu o jogo de ground-and-pound para pontuar e confirmar o triunfo na decisão unânime dos juízes.

Não deu nem para o cheiro…

A. Menifield finaliza no UFC 260. Foto: Reprodução/Instagram

Na luta que encerrou o card preliminar do UFC 260, o peso meio-pesado (até 93kg.) Alonzo Menifield conseguiu uma bela finalização e derrotou o ‘estreante da noite’, Fabio Cherant em 1m11s do primeiro round.

O combate já iniciou com Alonzo Menifield erguendo e derrubando Fabio Cherant. Na superioridade e em posição de 100kg., o norte-americano jogou todo seu peso no pescoço e, com um estrangulamento ‘Von Flue’ no adversário, venceu a luta ainda no primeiro minuto.

O triunfo fez com que Alonzo Menifield encontrasse sua primeira vitória no Ultimate. Agora, ele tem um retrospecto de dez resultados positivos e dois negativos.

Fabio Cherant estreia com o ‘pé esquerdo’ na organização e acumula sete vitórias e duas derrotas.

Na decisão dividida…

M. Oleksiejczuk derrota M. Bukauskas na decisão dividida dos juízes. Foto: Reprodução/Instagram

Em combate equilibrado válido pelos meio-pesados (até 93lg.), o polonês Michal Oleksiejczuk conseguiu ‘correr atrás’ do lituano Modestas Bukauskas e venceu na decisão dividida dos juízes. Ele se recupera de duas derrotas seguidas e ‘respira’ no Ultimate.

Como é de se esperar, o primeiro round foi marcado pela trocação franca entre ambos os lutadores. Primeiramente, Modestas Bukauskas desferiu um cruzado que chegou a balançar Michal Olesksiejejczuk. Por sua vez, o polonês não se intimidou e logo deu a resposta encurralando seu adversário na grade. Ele ainda permaneceu na posição e chegou a lançar algumas tentativas na linha da cintura, equilibrando o final.

Em momento de ‘modo sobrevivência’, Oleksiejczuk foi para cima, buscando encurralar Bukauskas. Porém, o lituano conseguia sair da aproximação com boa movimentação e colocou uma cotovelada de encontro, que chegou a acertar seu oponente. Como resposta, o polonês buscou o clinch, se fechou e ainda absorveu alguns golpes antes do término do segundo round.

A síntese do terceiro assalto era a mesma, com Oleksiejczuk buscando a aproximação, enquanto Bukauskas apostava no contra golpe e em movimentações. Sem desistir, o polonês cresceu no combate, aplicou um bom golpe na linha da cintura que atingiu seu adversário. Com isso, ele conseguiu virar o resultado na decisão dividida dos juízes.

Emocionado, Michal Oleksiejczuk consegue vencer após dois reveses. Agora, o polonês está com 15 resultados positivos, quatro negativos e uma luta ‘sem resultado’.

Por outro lado, Modestas Bukauskas encontra sua segunda derrota no Ultimate. Atualmente, ele tem um histórico de 11 vitórias e quatro derrotas na carreira.

Promessa venezuelana vence

O. Morales vence S. Young na segunda luta do UFC 260. Foto: Reprodução/Instagram

Na segunda luta da noite, Omar Morales derrotou Shane Young em duelo morno, válido pelos pesos penas (até 65,7kg.). Controlando a distância por 15 minutos, o venezuelano se recuperou da derrota sofrida para Giga Chikadze no UFC Ilha da Luta 5 e voltou a ‘sentir o gosto’ da vitória na organização.

Durante boa parte do tempo, Omar Morales seguiu controlando a distância por meio de chutes baixos, rechaçando a aproximação de Shane Young. Apontado como grande promessa da divisão, Morales conseguiu permanecer em pé no combate e soube controlar o duelo. No último assalto, o australiano ainda tentou buscar a grade e quedar, mas também não obteve êxito em suas tentativas e nada pôde fazer para alterar o resultado final.

Com o resultado, Omar Morales ampliou seu cartel para 11 triunfos e uma derrota. Já Shane Young emplaca seu segundo revés seguido no Ultimate e liga o ‘alerta vermelho’. Em seu retrospecto, ele soma 13 resultados positivos e seis negativos.

RESULTADOS DO UFC 260

CARD PRINCIPAL

Peso pesado: Francis Ngannou derrotou Stipe Miocic por nocaute 52seg. do R2 – Luta pelo cinturão

Peso meio-médio: Vicente Luque finalizou Tyron Woodley com um triângulo de mão a 3m56s do R1

Peso galo: Sean O’Malley derrotou Thomas Almeida por nocaute a 3m52s do R3

Peso mosca: Miranda Maverick derrotou Gillian Robertson na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso leve: Jamie Mullarkey derrotou Khama Worthy por nocaute a 46s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso meio-pesado: Alonzo Menifield finalizou Fabio Cherant com um estrangulamento ‘Von Flue’ a 1m11s do R1

Peso meio-médio: Abubakar Nurmagomedov derrotou Jared Gooden na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-pesado: Michal Oleksiejczuk derrotou Modestas Bukauskas na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pena:  Omar Morales derrotou Shane Young na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso médio: Marc-André Barriault derrotou Abu Azaitar por nocaute técnico a 4m56s do R3

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments