Sean O'Malley elogia Thominhas e admite que o último golpe foi desnecessário | SUPER LUTAS

Sean O’Malley elogia Thominhas e admite que o último golpe foi desnecessário

Após vencer por nocaute, o 'Sugar' enalteceu o seu adversário e assumiu que poderia ter evitado o soco definitivo, com o brasileiro já caído

T. Almeida (esq.) foi nocauteado por S. O’Malley (dir.) no UFC 260. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Com o nocaute sobre Thomas Almeida, no UFC 260, no último sábado (27), Sean O’Malley se reencontrou com o caminho das vitórias. Na coletiva de imprensa após o show, o norte-americano elogiou a garra do brasileiro e admitiu que o último golpe, com o adversário já caído, foi desnecessário. A aposta do peso galo (até 61,2kg.) bateu o paulista com um nocaute brutal no terceiro round.

Veja Também

“Thomas é duro, legítimo. O nocaute foi bonito, mas o último golpe foi desnecessário. Olhei em seus olhos e ele ‘não estava lá’. Eu sou meu fã número um e acho que é por isso que melhoro tanto. Registro cada round de treino e assisto”, afirmou o ‘Sugar‘.

Com estilo provocador e qualidade técnica indiscutível, O’Malley, agora, está pronto para retomar sua trajetória rumo ao topo da divisão liderada por Aljamain Sterling. Buscando a elite da divisão, o combatente falou sobre seu plano de frequência na temporada.

“Quero lutar antes do final do ano. Não sei quando, nem contra quem. Só quero treinar e melhorar. Essa é a minha prioridade”, encerrou o jovem.

Promessa da categoria, O’Malley chegou a figurar no ranking. A derrota para Marlon Vera, em agosto de 2020, porém, o fez deixar lista.

Contratado pelo UFC em 2017, após sua participação no reality show ‘Contender Series‘, o lutador de 26 anos possui um cartel de 13 triunfos e apenas um revés.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments