De olho em Adesanya, Whittaker acredita em campeão quebrado mentalmente após derrota para Blachowicz | SUPER LUTAS

De olho em Adesanya, Whittaker acredita em campeão quebrado mentalmente após derrota para Blachowicz

Adversário de Kelvin Gastelum neste sábado, australiano mira revanche contra nigeriano, que o destronou em 2019

R. Whittaker (esq.) foi derrotado por I. Adesanya (dir.) em 2019. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos protagonistas do UFC Las Vegas 24, que acontece neste sábado (17), Robert Whittaker enfrenta Kelvin Gastelum, mas está de olho mesmo em seu último algoz, Israel Adesanya. Disposto a retomar o posto de campeão dos médios (até 83,9kg.) do Ultimate, o australiano acredita que o nigeriano se ‘enfraqueceu’ após a derrota sofrida na superluta contra Jan Blachowicz, pelo cinturão dos meio-pesados (até 93kg.). Em entrevista ao ‘Combate’, o ‘Ceifador’ falou sobre o assunto.

Veja Também

“Acho que a aura dele foi quebrada, então, vai ser interessante ver como isso vai impactar a sua próxima luta, se é que vai impactar. (…) Eu vi coisas que o Blachowicz fez e que funcionaram muito bem contra o Adesanya, e eu guardei algumas dessas coisas comigo para tentar trabalhar nelas mais para frente, mas vou me preocupar com essa luta quando ela estiver de novo diante de mim”, disse Whittaker.

Campeão dos médios entre 2017 e 2019, Robert viu seu reinado desmoronar justamente no encontro contra Adesanya, no UFC 243. Na ocasião, o australiano entrou para a lista de vítimas do nigeriano, que brutalizou o rival com um nocaute no segundo round.

Desde então, Whittaker vem buscando uma revanche e pode, novamente, se credenciar a uma disputa de título, caso supere Kelvin neste fim de semana. Inicialmente, o adversário do ex-campeão seria Paulo Borrachinha, mas o brasileiro acabou deixando o embate após contrair uma gripe forte, que interrompeu seus treinamentos.

Aos 30 anos, Robert, hoje, ostenta um cartel com 27 apresentações. Profissional no MMA desde 2009, o australiano soma 22 vitórias e sete derrotas no esporte.

Antigo desafiante ao cinturão interino da categoria, Gastelum tenta provar que se recuperou de uma fase complicada no Ultimate. Após superar uma sequência de três derrotas, o norte-americano busca o segundo resultado positivo consecutivo e pode dar um salto importante na divisão, caso bata o australiano.

A queda do ‘Império Pitbull’ no Bellator e a prévia para o UFC 265

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments