Whittaker domina Gastelum, vence por pontos no UFC Vegas 24 e se aproxima de revanche com Adesanya | SUPER LUTAS

Whittaker domina Gastelum, vence por pontos no UFC Vegas 24 e se aproxima de revanche com Adesanya

Ex-campeão faz luta segura, comprova superioridade nos cinco rounds e triunfa no confronto principal deste sábado

R. Whittaker (esq.) dominou e venceu K. Gastelum (dir.) no UFC Las Vegas 24. Foto: Reprodução/Instagram

Uma apresentação de gala. Na luta principal do UFC Las Vegas 24, realizado neste sábado (17), Robert Whittaker não teve problemas diante de Kelvin Gastelum. Substituto de Paulo Borrachinha no espetáculo, o norte-americano não foi capaz de frear a técnica apurada do ex-campeão, sendo dominado por cinco rounds. Após 25 minutos, o australiano foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes e se aproximou de uma disputa de cinturão nos médios (até 83,9kg.).

Veja Também

Líder da categoria entre 2017 e 2019, Whittaker segue vivo no sonho de recuperar o título perdido diante de Israel Adesanya no UFC 243. Com o novo triunfo, o australiano chega ao terceiro resultado positivo em sequência e se consolida na primeira posição no ranking.

Substituto de Paulo Borrachinha na luta principal, Gastelum mostrou raça, mas não conseguiu impor sua estratégia diante do ex-campeão. Vítima da velocidade e ataques precisos do rival, o norte-americano não teve êxito na oportunidade de retornar ao top 5.

Na entrevista após o embate, Robert reforçou o desejo de dividir novamente o octógono com Adesanya. No primeiro encontro, o australiano acabou nocauteado no segundo round, perdendo o trono do grupo.

A luta

O confronto começou com Whittaker tomando a iniciativa com um chute baixo. Gastelum respondeu na mesma moeda, mas acabou surpreendido com um direto do ex-campeão. Logo nos segundos iniciais, os lutadores aceitaram a trocação franca e buscavam o nocaute. Passados quase dois minutos, o ex-campeão conectou um chute alto na cabeça do norte-americano, que balançou. O australiano tentava aproveitar o bom momento e seguia golpeando o rival. Kelvin tentou descontar, mas acabou derrubado por Whittaker, que caiu em posição de vantagem. Sem muita ação, Gastelum se agarrava ao oponente e se protegia como podia. Perto do fim da etapa, Gastelum conseguiu se levantar, mas não havia mais tempo.

No segundo assalto, Kelvin partiu para cima do australiano, com uma sequência de cruzados. Whittaker se defendeu bem e respondeu, também com um cruzado. Os minutos passavam e Robert seguia melhor no confronto, conectando os melhores golpes e pontuando diante do norte-americano. Gastelum tentava surpreender o ex-campeão com combinações de socos, mas o australiano estava afiado nas esquivas e levava perigo nos contra-ataques. Próximo ao fim do round, Gastelum partiu para a luta agarrada, mas o rival se desvencilhou antes do gongo soar.

A terceira etapa começou com os lutadores trocando chutes baixos. Os combatentes voltaram a aceitar a trocação franca e buscavam o nocaute. Certeiro nos ataques, Whittaker voltou a surpreender o oponente com um direto limpo no rosto. Kevin tocava menos o adversário, mas mostrava muita resistência para absorver os ataques. Atuando de forma segura, Robert circulava pelo octógono e se esquivava das investidas de Kelvin. O australiano seguia sobrando e aplicando golpes com grande velocidade. Nos segundos finais, Whittaker balançou o rival com um direto e um cruzado, mas o cronômetro zerou.

Nos segundos iniciais da quarta etapa, Gastelum buscou as pernas do adversário e tentou levar o confronto para o chão. O australiano se defendeu bem e conseguiu se afastar. Whittaker seguia abusando das combinações e magoava o rosto de Kelvin, que lançava ataques no vazio. Perto do fim do assalto, Gastelum conseguiu derrubar o australiano, mas o ex-campeão se levantou rapidamente. O round acabou após uma sequência de chutes baixos do ex-campeão.

No último assalto, Gastelum começou mais agressivo, tentando se recuperar dos prejuízos anteriores. Tranquilo, Robert se esquivava e apostava no contragolpe. Kelvin tentava furar a guarda do ex-campeão, mas Whittaker não abria a defesa e respondia as ações do oponente com jabs, diretos e cruzados. Restando dois minutos para o fim do duelo, o ex-campeão se aproveitou do descuido do adversário e levou o rival para o chão. Por cima, o australiano administrava o resultado, enquanto Gastelum tentava se levantar. Robert conseguiu chegar às costas, mas o norte-americano conseguiu ficar de pé. Próximo de acabar o embate, Whittaker voltou a quedar o oponente, mas não havia mais tempo.

Veterano no MMA, Arlovski supera Chase Sherman

A. Arlovski (foto) derrotou C. Sherman no UFC Las Vegas 24. Foto: Reprodução/Instagram

Na luta co-principal do espetáculo, a experiência bateu a juventude. Ex-campeão dos pesados (até 120,2kg.), Andrei Arlovski mostrou que ainda tem lenha para queimar. Em confronto movimentado contra Chase Sherman, o veterano saiu vencedor após três rounds.

Aos 42 anos, Arlovski chegou ao seu 31º resultado positivo em sua carreira. Profissional no esporte desde 1999, o combatente se recuperou do revés sofrido para Tom Aspinall, em fevereiro deste ano.

Derrotado pelo veterano, Sherman sofreu sua primeira derrota desde que retornou ao Ultimate. O lutador de 31 anos voltou à organização em maio de 2020, depois um ano afastado. Na ocasião, o combatente superou Isaac Villanueva.

Jacob Malkoun bate Abdul Alhassan e complica rival

J. Malkoun (dir.) derrotou A. Razak na decisão unânime dos juízes. Foto: Reprodução/Instagram

Representante dos médios (até 83,9kg.), Jacob Malkoun ‘passeou’ no embate contra Abdul Alhassan. Com uma atuação segura, o australiano dominou o adversário por três rounds e venceu sua primeira luta no UFC. Após 15 minutos, o norte-americano foi derrotado na decisão unânime dos juízes.

Em seu segundo compromisso no Ultimate, Malkoun se livra da pressão de somar o primeiro resultado positivo. O atleta debutou na companhia em outubro de 2020, mas acabou superado por Phil Hawes com um nocaute relâmpago, com apenas 18 segundos de combate.

Com a derrota, Abdul Alhassan se complicou de vez no UFC. O resultado negativo marcou o terceiro revés consecutivo do atleta, que corre risco de demissão.

Tracy Cortez tem luta dura, mas mantém invencibilidade no UFC

T. Cortez (esq.) derrotou J. Kish (dir.) no UFC Las Vegas 24. Foto: Reprodução/Instagram

Promessa no peso mosca (até 56,7kg.) do Ultimate, Tracy Cortez não teve vida fácil diante de Justine Kish. Em confronto equilibrado, a atleta levou vantagem no primeiro round, mas viu a rival se recuperar na segunda etapa e parear ainda mais o duelo na última etapa. Ao fim de três assaltos, Cortez foi declarada vencedora na decisão dividida dos juízes.

O triunfo confirmou a grande fase de Tracy na organização. A norte-americana, que debutou na empresa em novembro de 2019, segue com 100% de aproveitamento, com três resultados positivos em sequência.

Com a nova derrota, Justine se complicou de vez na companhia. A atleta vinha de revés diante de Sabina Mazo e, agora, soma quatro resultados negativos nas últimas cinco lutas.

Luis Pena derrota Alexander Munos em luta equilibrada

L. Pena derrotou A. Munos no UFC Las Vegas 24. Foto: Reprodução/Instagram

A primeira luta do card principal foi marcada pelo equilíbrio. Em confronto disputado no peso leve (até 70,3kg.), Luis Pena e Alexander Munos promoveram um combate movimentado que foi decidido apenas no fim do terceiro round. Em decisão dividida, Pena foi declarado vencedor diante do compatriota.

Com o resultado, Luis se recuperou da derrota sofrida para Khama Whorthy, em julho de 2020. A vitória impediu que o norte-americano confirmasse a má fase, que poderia ser ampliada com três reveses nos últimos cinco confrontos.

Derrotado por Pena, Munos segue sem vencer no UFC. O lutador, que estreou na organização em agosto da temporada passada, agora, soma duas derrotas em sequência.

Resultados do UFC Las Vegas 24

CARD PRINCIPAL

Peso médio: Robert Whittaker derrotou Kelvin Gastelum na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 50-45)

Peso pesado: Andrei Arlovski derrotou Chase Sherman na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso médio: Jacob Malkoun derrotou Abdul Razak Alhassan na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca: Tracy Cortez derrotou Justine Kish na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27)

Peso leve: Luis Peña derrotou Alexander Muñoz na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso pesado: Alexandr Romanov derrotou Juan Espino na decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Peso palha: Jessica Penne derrotou Lupita Godinez na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso médio: Gerald Meerschaert finalizou Bartosz Fabinski com uma guilhotina a 2m do R1

Peso leve: Austin Hubbard derrotou Dakota Bush na decisão unânime do sjuízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo: Tony Gravely derrotou Anthony Birchak por nocaute técnico a 1m31s do R2

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments