Covington indica que Usman vai se aposentar após o UFC 261 para 'fugir' de eventual revanche | SUPER LUTAS

Covington indica que Usman vai se aposentar após o UFC 261 para ‘fugir’ de eventual revanche

Confirmado como próximo da fila para lutar pelo cinturão dos meio-médios, norte-americano dispara contra rival; Kamaru defende o título neste sábado, contra Masvidal

K. Usman (esq.) e C. Covington (dir.) voltam a se provocar. após UFC Las Vegas 11. Foto: Reprodução/YouTube TheMacLife

Próximo da fila na disputa pelo título dos meio-médios (até 77kg.), Colby Covington já deu início à promoção para uma eventual revanche contra Kamaru Usman. Derrotado pelo campeão em 2019, o norte-americano indicou que o nigeriano irá se aposentar, se vencer o compromisso no UFC 261, neste sábado (24), para fugir de uma nova luta. Em entrevista à repórter Helen Yee, o ‘falastrão’ disparou contra o antigo oponente.

Veja Também

“Eu me vejo finalizando Usman, se lutarmos de novo. Para ser honesto, acho que ele vai se aposentar. Acho que ele se aposenta depois desse fim de semana. Ele sabe o que está por vir. Sou o próximo da fila e ele não pode me vencer. Ele dividiu o octógono comigo, ele sabe o quão duro eu sou”, disse Colby.

De olho no UFC 261, Covington aposta que Kamaru não terá problemas no novo confronto contra seu antigo amigo, Jorge Masvidal. Para o norte-americano, o nigeriano aceitou a revanche contra o ‘Jesus das Ruas’ por considerar um desafio menos complicado para se manter no topo da divisão.

“Ele já enfrentou Jorge e sabe como é fácil vencê-lo. É por isso que ele pegou esse ‘dinheiro fácil’. Não tem nada a ver com vencer a luta. Ele (Masvidal) perdeu feio (em 2020) e, de repente recebe uma luta pelo cinturão de novo? Acho que Usman e Masvidal vão se aposentar antes de lutar comigo, porque sabem o que vai acontecer. Isso é vergonhoso, publicamente vergonhoso. Eles não querem ser embaraçados sob os olhares de todo o mundo. É isso que eu faria com eles”, encerrou Covington.

Atual número um no ranking dos meio-médios, atrás apenas de Usman, Colby não se apresenta desde a vitória dominante sobre o ex-campeão da divisão, Tyron Woodley. O ‘passeio’ sobre o compatriota rendeu ao ‘falastrão’ o passaporte para disputar o título contra o vencedor da luta principal deste sábado.

Em 2019, Kamaru e Covington fizeram uma das lutas mais emocionantes da temporada. Na ocasião, o nigeriano acabou vencendo por nocaute no quinto round, realizando sua primeira defesa de cinturão.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments