Jiri Prochazka explica por que não está satisfeito com desempenho no UFC Vegas 25 | SUPER LUTAS

Jiri Prochazka explica por que não está satisfeito com desempenho no UFC Vegas 25

Carrasco de Dominick Reyes no último fim de semana, lutador tcheco aponta falhas em sua atuação e almeja melhora

J. Prochazka (esq.) atropelou D. Reyes (dir.) no UFC Las Vegas 25. Foto: Reprodução/Instagram

A vitória brutal de Jiri Prochazka diante de Dominick Reyes está na boca dos fãs de MMA. Mesmo aplicando um dos nocautes mais marcantes de 2021, no entanto, o tcheco não encontra tantos motivos para sorrir. Na coletiva após o UFC Las Vegas 25, o meio-pesado (até 93kg.) apontou algumas falhas em seu desempenho e garante que precisa melhorar alguns pontos específicos.

Veja Também

“Existem melhores nocautes na minha carreira, porque, nesta, eu não controlei o tempo todo. Dominick me surpreendeu muitas vezes. Para um cara igual a mim, isso não é bom. Eu gosto de ser o melhor nessas coisas. Para ser o melhor, não foi a melhor apresentação, na verdade”, disse o lutador.

Disposto a corrigir os erros apontados, Jiri afirma que as mudanças não acontecerão da noite para o dia. Realista quanto a sua evolução, o atleta afirmou que dará a atenção necessária durante o período em que ficará fora de ação.

“Eu preciso tirar um tempo para descansar e aproveitar o fato de ser um atleta do UFC, na maior liga, e aproveitar as habilidades dessa luta contra Dominick nos meus treinamentos. Para consertar os erros, leva tempo”, finalizou.

Ex-campeão do RIZIN, Prochazka precisou de apenas duas lutas no Ultimate para chegar ao topo dos meio-pesados (até 93kg.). O tcheco fez sua estreia na empresa em julho de 2020, quando superou Volkan Oezdemir, também por nocaute.

Quase 10 meses depois, o sucesso diante de Ryes colocou Jiri em ótima condição para uma futura disputa de cinturão. A boa impressão no duelo contra Dominick foi tanto que o tcheco chamou a atenção do atual campeão do grupo, Jan Blachowicz, que se dispôs a enfrentar o lutador, caso vença Glover Teixeira em sua nova defesa de título.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments