Mesmo derrotado, Diego Ferreira recebe mais de R$260 mil por bônus de 'Luta da Noite' no UFC Vegas 26 | SUPER LUTAS

Mesmo derrotado, Diego Ferreira recebe mais de R$260 mil por bônus de ‘Luta da Noite’ no UFC Vegas 26

Batido por Gregor Gillespie, brasileiro e rival faturam ‘bolada’ por grande apresentação no card principal; Alex Morono e Carlston Harris levam mesmo valor por atuações

C. Diego Ferreira foi nocauteado por G. Gillespie no UFC Las Vegas 26. Foto: Reprodução/Instagram

Mesmo perdendo a segunda consecutiva no Ultimate, Carlos Diego Ferreira tem um motivo para sorrir. Nocauteado por Gregor Gillespie no card preliminar do UFC Las Vegas 26, realizado neste sábado (8), o brasileiro e o rival faturaram o prêmio de US$50 mil (cerca de R$261 mil) por bônus de ‘Luta da Noite’. Alex Morono e Carlston Harris também levaram a ‘bolada’ por suas atuações.

Veja Também

Diante de Gillespie, Carlos Diego Ferreira subiu no octógono para se recuperar da derrota sofrida para Beneil Dariush, em 2020. Na luta, o brasileiro começou bem, defendendo bem os avanços do adversário. A situação do amazonense, no entanto, piorou no segundo round, quando o brasileiro sucumbiu à pressão do norte-americano, sendo nocauteado no segundo round. A performance dos atleta, no entanto, agradou a diretoria do Ultimate, que decidiu premiar os combatentes.

Carrasco de Donald Cerrone na luta co-principal do espetáculo, Alex Morono também deixará o UFC Apex de bolso cheio. Depois de nocautear a lenda viva da organização, o atleta conquistou um dos prêmios de US$50 mil, por seu desempenho satisfatório.

Estreante da noite, Carlston Harris foi um dos que brilharam no espetáculo. Um dos protagonistas do duelo que abriu o show, o atleta de Guiana teve uma performance impecável. Abrindo a caixa de ferramentas e colocando o jiu-jitsu em prática, o combatente precisou de menos de três minutos para encaixar um triângulo de mão, que literalmente apagou Chistian Aguilera.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments