Donald Cerrone volta a decepcionar e cai para Alex Morono com nocaute no UFC Las Vegas 26 | SUPER LUTAS

Donald Cerrone volta a decepcionar e cai para Alex Morono com nocaute no UFC Las Vegas 26

Veterano não se encontra na luta e é duramente batido no primeiro round por adversário que entrou no evento de última hora

A. Morono (esq.) derrotou D. Cerrone (dir.) no UFC Las Vegas 26. Foto: Reprodução/Instagram

O tempo realmente parece ter chegado para Donald Cerrone. Um dos atletas mais carismáticos do Ultimate, o veterano voltou a decepcionar e sucumbiu diante de Alex Morono na luta co-principal do UFC Las Vegas 26, realizado neste sábado (8). Sem se encontrar no confronto, o ‘Cowboy’ foi presa fácil da estratégia do adversário, que dominou e saiu vitorioso com um nocaute ainda no primeiro round.

Veja Também

Inicialmente, Morono não seria o adversário de Cerrone para este fim de semana. O ‘Cowboy’ foi escalado para trocar forças contra o também veterano Diego Sanchez, que acabou sendo desligado da organização dias antes da peleja. Com o campeão do TUF 1 fora, Alex topou encarar Donald.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com a nova derrota Cerrone se complica ainda mais na carreira. Na reta final de sua trajetória no MMA, o atleta chegou a seis lutas sem vencer. O último resultado positivo de Donald aconteceu em maio de 2019, quando superou Al Iaquinta.

Na vitória mais importante da sua carreira, Morono tem motivos de sobra para comemorar. Candidato a um dos bônus de performance, o norte-americano se recuperou da derrota sofrida para Anthony Pettis, em dezembro de 2020.

A luta

Logo nos segundos iniciais, Morono partiu para cima de Cerrone, mas o ‘Cowboy’ se agarrou ao adversário e buscou a queda. Alex se defendeu e passou a pressionar Donald contra as grades. Cerrone conseguiu se desvencilhar e acabou surpreendido por um chute alto aplicado pelo rival. Alex encontrou bem a distância e tocava o veterano com jabs e diretos. Donald continuava com dificuldades de entrar no raio de ação do adversário e tentava encurtar com chutes na linha de cintura. Passados quatro minutos, Morono mantinha um ritmo forte e continuava em vantagem no duelo. Quase no minuto final, Donald balançou Cerrone com um direto, mas o ‘Cowboy’ continuava caminhando para frente. Restando 40 segundos, Alex voltou a abalar o veterano com uma sequência de socos. Bambo, Cerrone seguiu sendo golpeado de pé até que o árbitro interrompeu a disputa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Neil Magny faz luta segura e bate promessa

N. Magny (dir.) derrotou G. Neal (esq.) no UFC Las Vegas 26. Foto: Reprodução/Instagram

Veterano do MMA, Neil Magny quebrou a banca diante de uma promessa dos meio-médios (até 77kg.). No duelo contra o promissor Geoff Neal, o atleta não deu chances ao azar, se arriscando pouco e dominando o adversário. Ao fim de três rounds, o lutador foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Com o resultado positivo, Magny adicionou mais um grande nome na sua extensa lista de vítimas. Além de Neal, o norte-americano soma vitórias diante de referências como Robbie Lawler, Johny Hendrix e Kelvin Gastelum. O veterano também se recuperou da derrota sofrida para Michael Chiesa, em janeiro da temporada atual.

Considerado uma promessa para a categoria liderada por Kamaru Usman, Geoff vive um momento complicado na carreira. Depois de emplacar cinco vitórias consecutivas desde sua estreia no UFC, o atleta, agora, sofre seu segundo resultado negativo em sequência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Resultados do UFC Las Vegas 26

CARD PRINCIPAL

Peso mosca: Marina Rodriguez derrotou Michelle Waterson na decisão unânime dos juízes (49-46, 48-47, 49-46)

Peso meio-médio: Alex Morono derrotou Donald Cerrone por nocaute técnico a 4m40s do R1

Peso meio-médio: Neil Magny derrotou Geoff Neal na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso pesado: Marcos Pezão derrotou Maurice Greene na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

Peso leve: Gregor Gillespie derrotou Carlos Diego Ferreira por nocaute técnico a 4m51s do R2

Peso médio: Phil Hawes derrotou Kyle Daukaus na decisão unânime dos juízes (30-26, 29-27, 30-26)

CARD PRELIMINAR

Peso pena: Mike Trizano derrotou Ludovit Klein na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso médio: Jun Yong Park derrotou Tafon Nchukwi na decisão majoritária dos juízes (30-25, 28-28, 29-26)

Peso meio-médio: Carlston Harris finalizou Christian Aguilera com um triângulo de mão a 2m52s do R1

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments