Em fase complicada na carreira, Ronaldo Jacaré quer mostrar que 'ainda está vivo' no UFC 262 | SUPER LUTAS

Em fase complicada na carreira, Ronaldo Jacaré quer mostrar que ‘ainda está vivo’ no UFC 262

Vindo de três derrotas seguidas, o brasileiro busca voltar a vencer no duelo diante de André Sergipano no próximo sábado (15)

R. Jacaré irá enfrentar André Sergipano no UFC 262 Foto: Reprodução/Instagram @ronaldojacare

Lutando para provar que ainda pode alcançar grandes objetivos na divisão dos médios (até 83,9kg), Ronaldo Jacaré está pronto para uma ‘guerra’ contra André Sergipano. Em fase complicada na carreira, o capixaba quer mostrar que ‘ainda está vivo’ e declarou que planeja ‘matar’ o seu adversário no próximo sábado (15). A declaração foi dada no ‘media day‘ do UFC 262.

Veja Também

“Eu tenho que fazer alguma coisa (para acabar com a má fase). As vezes, os ‘jovens leões’ matam os ‘leões velhos’ mas as vezes eles morrem tentando.  Eu quero ‘matar’ esse cara. Quero mostrar que ‘ainda estou vivo'”, declarou Jacaré.

O brasileiro também falou sobre a fase difícil  que vive na carreira e comentou sobre o nocaute sofrido para Kevin Holland em seu último combate.

“Foi horrível para mim. Ninguém espera isso mas ele fez um ótimo trabalho e me venceu. Eu fiquei mal depois da luta mas levantei a cabeça e continuei trabalhando. Isso foi uma loucura e nunca mais vai acontecer. O ano (de 2020) não foi bom para mim. Eu nunca tinha perdido três vezes seguidas nem mesmo quando lutava jiu-jitsu”, afirmou o brasileiro.

Questionado sobre o seu adversário do próximo sábado (15), Jacaré mostrou conhecimento sobre o estilo de jogo de André Sergipano e enfatizou a sua vontade de mostrar que ainda pode voltar a fazer parte da elite da divisão dos médios.

“Eu sei que ele tem um jiu-jitsu muito bom. André é um cara forte, um lutador jovem e eu o conheço porque ele é do Brasil. Ele lutou contra bons lutadores que eu conheço. Quando me deram esse combate, eu só aceitei porque não estou em uma boa posição (na categoria) mas ainda estou vivo”, finalizou o veterano.

Considerado um dos melhores lutadores da divisão nos últimos anos, Ronaldo Jacaré parece estar longe dos seus dias de glórias. O peso médio vem em uma complicada sequência de três derrotas seguidas na organização. Sua última vitória foi no UFC 230 em novembro de 2018 quando nocauteou Chris Weidman no terceiro round. O combatente possui um cartel de 26 triunfos e nove reveses.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments