Após descanso planejado, Shahbazyan se diz animado por enfrentar Hermansson no UFC Las Vegas 27 | SUPER LUTAS

Após descanso planejado, Shahbazyan se diz animado por enfrentar Hermansson no UFC Las Vegas 27

O 'Garoto de Ouro', como é conhecido, tenta se recuperar da derrota sofrida contra Derek Brunson, em agosto de 2020

E. Shahbazyan tem um cartel de 11 vitórias e uma derrota na carreira. Foto: Reprodução/Instagram

Apontado, por muitos, como uma das maiores promessas na divisão dos médios (83,9kg.), Edmen Shahbazyan está disposto a dar uma resposta rápida no Ultimate. O norte-americano, que enfrenta Jack Hermansson no UFC Las Vegas 27, se diz grato pela oportunidade e confessa já avaliava o adversário antes mesmo de encará-lo.

Veja Também

Stephens, Latifi, Jouban e Saunders embolsam os bônus do UFC Orlando

“Bem, eu tive alguns meses de folga para treinar um pouco e melhorar minhas habilidades. Houve algumas lutas oferecidas que não estavam fazendo muito sentido. Queríamos essa luta e, eventualmente, tudo se encaixou. Recebemos a ligação e, agora, eu estou animado. É motivador para mim, é mais uma chance para eu entrar no topo da categoria. Derrotar esse cara vai me colocar lá em cima. Eu queria essa luta, estou feliz que aconteceu e mal posso esperar”, afirmou Shahbazyan em entrevista ao site ‘BJPenn.com’.

Os lutadores deveriam se enfrentar neste sábado (15), no UFC 262. Porém, a luta foi adiada por uma semana e acontece no dia 22 de agosto. De acordo com o ‘Garoto de Ouro’, como é conhecido, ele está pronto para encarar os melhores e quer chegar da divisão em breve.

“Estou no UFC e tenho que lutar os melhores, então eu queria pegar todas as lutas boas. Eu quero ir lá, me apresentar e ser o melhor. Para ser o melhor, você tem que vencer o melhor. Sim, estou saindo de uma derrota, mas já aprendi muito com isso. Eu acho que (Hermansson) é uma ótima combinação para mim”, finalizou o norte-americano.

No UFC Las Vegas 27, Shahbazyan volta ao octógono depois de sofrer sua primeira derrota como profissional no MMA. Em agosto de 2020, o jovem de 23 anos foi brutalmente batido pelo veterano Derek Brunson, e teve a escalada na divisão momentaneamente interrompida. Ele também tem 11 triunfos.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments