Em luta de trocação franca, Edson Barboza vence Shane Burgos por nocaute e avança nos penas | SUPER LUTAS

Em luta de trocação franca, Edson Barboza vence Shane Burgos por nocaute e avança nos penas

Abrindo o card principal do UFC 262, brasileiro aceita confronto em pé e bate adversário no terceiro round

E. Barboza (esq.) derrotou S. Burgos (dir.) por nocaute no UFC 262. Foto: Reprodução/Instagram

Na luta que abriu o card principal do UFC 262, realizado neste sábado (15), em Houston (EUA), Edson Barboza e Shane Burgos promoveram um embate de tirar o fôlego. Em duelo disputado 100% em pé, o brasileiro levou a melhor na trocação franca e somou mais uma vitória no peso pena (até 65,7kg.). Com um duro nocaute, o friburguense levou o resultado positivo no terceiro round.

Veja Também

O triunfo de Barboza confirmou a boa fase do brasileiro em sua nova categoria. Agora, o brasileiro pode tomar a nona posição no grupo liderado por Alexander Volkanovski. Nos penas desde maio de 2020, agora, o friburguense tem duas vitórias consecutivas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Derrotado no UFC 262, Burgos, agora, tem dois resultados negativos em sequência. Neste fim de semana, o norte-americano tentava se recuperar do revés sofrido diante de Josh Emmett, em junho da temporada passada.

A luta

A luta começou com os atletas trocando golpes no centro do octógono. Barboza arriscou três chutes baixos, mas Shane respondeu com um direto que explodiu no rosto do brasileiro. O friburguense seguiu tentando minar a base do adversário. Burgos apostava nos punhos e desferiam jabs e diretos, que paravam na guarda alta de Edson. O brasileiro se movimentava bastante, tentando confundir o oponente. Perto do minuto final, Barboza conectou um chute rodado na cabeça do adversário que balançou. Mesmo abalado, Shane continuava caminhando para frente, mas o friburguense seguia golpeando com eficiência. O assalto acabou com os atletas trocando ataques no centro do octógono.

No início da segunda etapa, Burgos tentava tirar a desvantagem e lançou socos. Edson se protegia e respondeu com uma sequência de direto e cruzado. Barboza continuava variando os ataques, com socos e chutes baixos. Um chute baixo do brasileiro voltou a desequilibrar o norte-americano, mas Shane seguia caminhando para frente. Aceitando a trocação franca, os dois lutadores continuavam se testando no centro do octógono. Quase no minuto final, Edson voltou a conectar um cruzado limpo no rosto do norte-americano. Perto do fim da etapa, Barboza voltou a arriscar um chute rodado, mas o ataque não entrou em cheio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O último assalto começou com Burgos tomando a iniciativa com um chute baixo. Barboza tentava impedir o avanço do rival com chutes na linha de cintura. O confronto seguiu com agressividade dos dois lados. Com um cruzado, o brasileiro balançou o norte-americano, que se desequilibrou e acabou caindo. Aproveitando o bom momento, o friburguense precisou seguir golpeando até que o árbitro interrompeu.

Resultados do UFC 262

CARD PRINCIPAL

Peso leve: Charles Do Bronx derrotou Michael Chandler por nocaute técnico a 19seg. do R2 – Luta pelo cinturão

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Peso leve: Beneil Dariush derrotou Tony Ferguson na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso galo: Rogério Bontorin derrotou Matt Schnell na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso mosca: Katlyn Chookagian derrotou Viviane Araújo na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso pena: Edson Barboza derrotou Shane Burgos por nocaute técnico 1m16s do R3

CARD PRELIMINAR 

Peso médio:  André Sergipano finalizou Ronaldo Jacaré com uma chave de braço a 3m59s do R1

Peso pena:  Lando Vannata derrotou Mike Grundy na decisão dividida dos juízes (29-28, 27-30, 30-27)

Peso médio: Jordan Wright derrotou Jamie Pickett por nocaute técnico a 1m04s do R1

Peso mosca: Andrea Lee finalizou Antonina Shevchenko com uma chave de braço a 4m52s do R2

Peso mosca: Priscila Pedrita derrotou Gina Mazany por nocaute técnico a 4m51s do R2

Peso pena:  Tucker Lutz derrotou Kevin Aguilar na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso leve: Christos Giagos finalizou Sean Soriano com um triângulo de mão a 59s do R2

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments