Além do cinturão, Charles do Bronx quebra dois recordes históricos no UFC 262 | SUPER LUTAS

Além do cinturão, Charles do Bronx quebra dois recordes históricos no UFC 262

Brasileiro se tornou o lutador que mais encerrou combates antes do tempo regulamentar (17) e o atleta que precisou de mais duelos para conquistar o título (28)

C. do Bronx nocauteou M. Chandler e se sagrou o novo campeão dos leves. Foto: Reprodução/Instagram

A noite de sábado, 15 de maio, foi especial para Charles do Bronx. O brasileiro, que, ao nocautear Michael Chandler, conquistou o cinturão dos leves (até 70.3 kg.) no UFC 262, ainda quebrou dois recordes da franquia.

Veja Também

O nocaute no segundo assalto diante de Chandler foi a 17ª vitória do brasileiro antes do fim do tempo regulamentar. Com isso, ele ultrapassa Donald Cerrone (16) e se torna o único detentor do recorde.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A outra marca quebrada por Charles do Bronx era do ex-campeão dos médios (até 83.9kg.) Michael Bisping. O inglês era o atleta que mais precisou de lutas para conquistar um título do Ultimate. O ‘Conde’ necessitou subir no octógono 22 vezes para conquistar o título. Agora, o faixa-preta paulista teve que encarar 28 combates para, finalmente, se tornar um campeão do UFC.

Charles já tinha outro recorde no UFC

Além das duas marcas alcançadas no UFC 262, Charles do Bronx já era dono de outro recorde do show. O brasileiro é o maior finalizador do Ultimate. Ele encerrou 14 disputas forçando os rivais a darem os tradicionais três tapinhas. Nesta marca, o paulista é seguido por outros dois atletas tupiniquins: Demian Maia com 11 finalizações e Royce Gracie com 10.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments