Após ser provocada, Amanda Nunes conta como pretende derrotar Julianna Peña no UFC 265 | SUPER LUTAS

AO VIVO

Assista o UFC 263 com Deiveson e Adesanya defendendo seus cinturões

Após ser provocada, Amanda Nunes conta como pretende derrotar Julianna Peña no UFC 265

Em preparação para o confronto do dia 7 de agosto, a brasileira mostrou confiança em suas habilidades e citou a filha Reagan como motivação para seguir lutando

A. Nunes (foto) ostenta dois cinturões no UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Com duelo marcado contra Julianna Peña válido pelo cinturão dos galos (até 61,2kg) no UFC 265, Amanda Nunes aparentou tranquilidade para o confronto do dia 7 de agosto. A lutadora brasileira afirmou não ligar para as provocações da sua adversária, mostrou confiança em suas habilidades e citou a filha Reagan como inspiração para seguir na carreira. A declaração foi dada ao ‘MMA Junkie‘.

Veja Também

“Desde que eu conquistei o cinturão, todas elas fazem a mesma coisa e nenhuma delas foi capaz de me parar. Ela não vai me impedir com a luta olímpica, eu prometo a você. Eu vou me defender, vou derrubá-la e vou acabar com ela no chão. Ela é boa nessa área mas também tem muitos buracos. Duas lutadoras que eu venci (Valentina Shevchenko e Germaine de Randamie) a finalizaram”, declarou Amanda.

Afastando qualquer boato de aposentadoria a curto prazo, Amanda afirmou que pretende continuar por bastante tempo e declarou que a sua filha, Reagan, lhe deu uma nova motivação para seguir na carreira.

“Sinto que ninguém pode me parar, especialmente com a minha filha agora. Eu mantenho o foco e ela realmente me deu nova motivação. Definitivamente eu quero que ela seja capaz de entender e torcer por mim. Vou lutar o máximo possível, até o meu corpo me dizer para parar. Eu me sinto muito saudável e eu vou ficar aqui o máximo de tempo possível”, finalizou a ‘Leoa’.

Embalada por uma incrível marca de 12 vitórias consecutivas, Amanda Nunes irá para a sua sexta defesa do cinturão dos galos. Líder do grupo desde 2016, a brasileira já derrotou nomes como Valentina Shevchenko, Holly Holm e Ronda Rousey durante o seu reinado. A combatente possui um cartel de 21 triunfos e quatro reveses.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments