Antonio Arroyo admite 'lutar pelo emprego' no UFC Las Vegas 28 | SUPER LUTAS

Antonio Arroyo admite ‘lutar pelo emprego’ no UFC Las Vegas 28

Sem vencer desde a estreia no Ultimate, brasileiro acredita que novo resultado negativo pode custar permanência na organização

A. Arroyo busca a primeira vitória pelo Ultimate. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos representantes brasileiros no UFC Las Vegas 28, Antonio Arroyo vive um momento complicado na organização. Sem vencer desde sua estreia, o atleta entra pressionado para o compromisso diante de Tom Breese, neste sábado (5). Mostrando pés no chão, o tupiniquim sabe que precisa de um grande resultado para não correr risco de ser dispensado.

Veja Também

“Ainda tenho mais uma luta no meu contrato, mas muitos caras foram demitidos depois da terceira derrota. Não quero arriscar. Acho que se eu fizer um confronto empolgante, vou manter meu emprego e ter mais uma oportunidade”, disse o brasileiro, em entrevista ao ‘MMA Junkie’.

Revelado pelo ‘Contender Series’, Arroyo chegou ao Ultimate por cinco vitórias consecutivas. O atleta carimbou o passaporte para a organização ao finalizar Stephen Regman, há quase dois anos.

A estreia de Arroyo no Ultimate aconteceu em novembro de 2019. Na ocasião, o atleta foi escalado para trocar foças com Andre Muniz. O tupiniquim, no entanto acabou derrotado por pontos, na decisão unânime dos juízes.

Pouco mais de um ano depois, Antonio retornou ao octógono, desta vez, para enfrentar Deron Winn. Novamente na decisão dos juízes, o brasileiro foi batido e amargou o segundo resultado negativo na organização.

Neste sábado, Arroyo fará sua 14ª luta como profissional no MMA. Hoje, o combatente soma nove resultados positivos e quatro negativos no esporte.

Romero dominado no Bellator e aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments