Michel Pereira diz que pode bater Usman e acusa Anthony Pettis de fugir de duelo contra ele | SUPER LUTAS

Michel Pereira diz que pode bater Usman e acusa Anthony Pettis de fugir de duelo contra ele

Em bate papo exclusivo com o SUPER LUTAS, o lutador tupiniquim falou sobre diversos assuntos e mandou um recado para os lutadores da sua divisão

 

Representante brasileiro na divisão dos meio-médios (até 77,1kg), Michel Pereira é um lutador que esbanja confiança e sinceridade. Em entrevista exclusiva ao canal no YouTube do SUPER LUTAS, o atleta tupiniquim afirmou que pode derrotar o campeão Kamaru Usman, acusou Anthony Pettis de fugir de um confronto contra ele e mandou um recado direto aos adversários da sua categoria. Confira esse e outros trechos do bate-papo com o ‘Demolidor’.

Veja Também

Alguém para derrotar Kamaru Usman

Questionado sobre quem teria condições de tirar o cinturão do campeão Kamaru Usman, Michel se prontificou para a difícil missão. Logo depois, afirmou que acreditava que Durinho pudesse bater o nigeriano e declarou não ver outro atleta hoje que possa destronar o líder do grupo.

“Eu, eu bato ele! Na verdade, eu estava apostando muito no Durinho. Para mim, ele seria campeão da categoria. Tirando ele, eu não vejo outro cara com condições não (de bater o Usman)”.

Foi justa a revanche entre Masvidal e o Nigeriano?

O lutador tupiniquim opinou sobre o segundo duelo entre Kamaru Usman e Jorge Masvidal e afirmou ter concordado com o duelo casado pela organização.

“Achei justo sim. Nós atletas sabemos o que é lutar sem estar treinando. Você lutar com o campeão, sem estar no seu ápice, sem estar no seu ‘tô pronto’ é complicado. A gente tem que tirar o chapéu para o Masvidal por ele ter aceitado”.

Possível duelo contra Khamzat Chimaev

Sobre a grande promessa da divisão, Khamzat Chimaev, Michel afirmou que não lhe ofereceram um duelo contra o sueco mas declarou que aceitaria sem pensar.

“Eu vejo que ele é um futuro da categoria, é um cara que o UFC trata como prodígio da divisão. Eu lutaria sim com ele, seria uma luta difícil mas eu gosto de desafios. Eu não pensaria duas vezes. Ainda não me ofereceram, mas se acontecer, eu aceito na hora”.

Anthonny Pettis fugiu de enfrentá-lo?

O lutador brasileiro afirmou que o Ultimate chegou a oferecer ao ‘Showtime’ um duelo entre os dois mas o atleta tupiniquim acusou o norte-americano de fingir lesão e depois aceitar enfrentar outro oponente no mesmo card.

“Ele ficou com medo de mim. Porque o cara falou que tava lesionado para não lutar comigo no dia 19 de dezembro. Aí quando eu fui ver, ele tava lutando no mesmo card que eu. Porque ele recusou lutar comigo? Tava com medo? É porque eu não sou ranqueado?”.

RECADO PARA A CATEGORIA?

“Eu tô chegando. É questão de tempo. Eu tenho 37 lutas registradas no ‘Sherdog’, se contar as que não estão registradas, eu tenho mais de 40. Eu tenho mais lutas do que o campeão da minha categoria. Eu com 27 anos já lutei mais que muitos caras da minha categoria. Eu não estou ‘de bobeira’ no UFC, não cheguei aqui à toa. Então, é questão de tempo para eu chegar ‘nos cabeças’. Eles sabem que eu vou chegar e muitos não querem lutar comigo mas uma hora eles vão ter que me enfrentar”.

Contratado em 2019 pela organização, Michel Pereira irá para a sua sexta luta no octógono mais famoso do mundo. O atleta tupiniquiem vem embalado por dois resultados positivos em sequência sobre Zelim Imadaev e Khaos Willians O próximo duelo do brasileiro será contra Niko Price no UFC 264, previsto para o dia 10 de julho em Las Vegas (EUA). O combatente possui um cartel de 25 triunfos e 11 reveses.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments