Sandhagen se manifesta após derrota para Dillashaw no UFC Las Vegas 32: 'Ainda serei campeão' | SUPER LUTAS

Sandhagen se manifesta após derrota para Dillashaw no UFC Las Vegas 32: ‘Ainda serei campeão’

Apesar de sair com o revés, Cory afirma que poderia ter feito mais no combate e agradece apoio dos fãs

C. Sandhagen (esq.) perdeu para T. Dillashaw (dir.) na decisão dividida dos juízes. Foto: Reprodução/Instagram

No último sábado (24), Cory Sandhagen subiu no octógono com a missão de conseguir uma chance pelo título da divisão dos galos (até 61,2kg.). Diante do ex-campeão TJ Dillashaw, na luta principal do UFC Las Vegas 32, o norte-americano fez luta equilibrada em boa parte do combate, mas sofreu a derrota na decisão dividida dos juízes.

Veja Também

Após o revés, Sandhagen utilizou sua conta oficial no ‘Instagram’ (veja abaixo) para se pronunciar oficialmente. Ele tratou de parabenizar seu adversário, diz que seguirá forte em sua trajetória e promete que será campeão mundial no próximo ano.

“Meu pensamento sobre a luta, pois tenho certeza de que alguns de vocês estão curiosos: Acho que deveria ter feito mais para vencer. Eu cometi alguns erros que deram a ele uma superioridade na cabeça dos juízes. Eu me mantive protegido e defendi quase todas as tentativas, enquanto acertava os (golpes) mais fortes e limpos. Ele foi capaz de controlar o cage por mais tempo, sem causar nenhum dano. Depende de você se pontuar como vencedor. Vou dar crédito ao TJ por lutar duro. Foi um cara ou coroa. Se for dano, eu ganho. Se for o controle, ele vence. E assim vai. Obrigado pelo apoio de todos. Vou continuar subindo (…) Bom trabalho, TJ. Alguns erros fizeram com que ele ganhasse. Ainda serei campeão no ano que vem. Coração forte sempre. A jornada continua”, escreveu Sandhagen.

No combate, Cory tentou apostar em sua envergadura e chegou a balançar TJ. O norte-americano, no entanto, sofreu com o jogo de Wrestling e pressão de seu adversário e, apesar de ter conseguido se manter equilibrado, não conseguiu carimbar sua terceira vitória seguida no Ultimate.

Agora, Sandhagen conta com um cartel de 14 vitórias e três derrotas na carreira. Assim, para conquistar o título, ele terá que reconstruir o caminho na divisão dos galos (até 61,2kg.) da organização.

Confira a publicação

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments