Aldo e Munhoz assumem a luta co-principal do UFC 265 após Amanda Nunes testar positivo para Covid-19 | SUPER LUTAS

Aldo e Munhoz assumem a luta co-principal do UFC 265 após Amanda Nunes testar positivo para Covid-19

Os dois brasileiros se enfrentam buscando emplacar vitórias consecutivas na divisão dos galos do Ultimate

J. Aldo em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @ufcbrasil

Na última quinta-feira (29), o card do UFC 265 sofreu um grande desfalque. O evento, que acontece no dia 7 de agosto, perdeu a luta co-principal entre Amanda Nunes e Julianna Peña após a brasileira testar positivo para Covid-19. O duelo era válido pelo cinturão peso galo (até 61,2 kg).

Veja Também

Sem a luta pelo título, caberá a dois brasileiros o segundo duelo mais importante da noite. A luta entre José Aldo e Pedro Munhoz, válida também pelo peso galo, foi promovida ao posto de co-principal do evento.

Ex-campeão dominante no peso pena (até 65,7 kg), José Aldo busca a segunda vitória consecutiva na divisão dos galos. O atleta da Nova União se recuperou de uma sequência ruim de três resultados negativos ao derrotar o equatoriano Marlon Vera por decisão unânime em dezembro de 2020. Aldo ocupa a quinta colocação no ranking da categoria.

Assim como Aldo, Pedro Munhoz também está atrás da segunda vitória consecutiva. O nono colocado no ranking dos galos vem de um triunfo contra Jimmie Rivera em fevereiro deste ano. Antes disso, o lutador da American Top Team havia perdido em sequência para Frankie Edgar e o atual campeão Aljamain Sterling.

A luta principal do UFC 265 apresenta o duelo entre Ciryl Gané e Derrick Lewis, válido pelo cinturão interino dos pesos pesados (até 120,2 kg).

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments