Cinco motivos para assistir ao Bellator 263, com Pitbull defendendo reinado contra o invicto McKee

Lenda da organização, brasileiro trava um dos duelos mais duros na carreira neste sábado; luta também marca a final do GP dos penas

P. Pitbull e A. McKee fazem a maior luta na história do Bellator. Foto: Reprodução/Instagram

Lenda absoluta do Bellator, Patrício Pitbull está mais perto do que nunca do maior teste que já teve dentro da organização. Campeão em duas categorias, o brasileiro colocará o cinturão dos penas (até 65,7kg.) em jogo diante do perigoso e invicto AJ McKee, neste sábado (31), em Los Angeles (EUA). Com promessa de um grande espetáculo, a organização promoverá um show com 11 confrontos programados.

Veja Também

Considerado, por muitos, como o maior nome no MMA fora do Ultimate, Pitbull trocará forças contra uma grande aposta da organização. Lapidado por Scott Coker e sua equipe, McKee chega ao compromisso com o cartel impecável, com 17 resultados positivos em sequência.

PUBLICIDADE:

Além da luta principal, que encerra o GP da categoria até 65,7kg., a segunda metade do evento contará com duelos empolgantes. Um deles será o novo embate de Usman Nurmagomedov, primo do lendário Khabib, que está invicto em 12 confrontos.

No card preliminar, o Brasil ficará dividido. Logo na luta que abre o show, duas tupiniquins dividirão o cage. A veterana Vanessa Porto enfrentará Ilara Joanne no peso mosca (até 56,7kg.). Ambas vêm de reveses na organização.

PUBLICIDADE:

Para entrar no clima, nossa equipe selecionou cinco motivos para acompanhar o Bellator 263. Confira:

1) Reinado de Pitbull

Patrício Pitbull defende cinturão no Bellator 263. Foto: Divulgação / Bellator

PUBLICIDADE:

Respeitado dentro da comunidade do MMA, Pitbull precisará, mais uma vez, provar que é o grande nome do Bellator. Em seu segundo reinado no peso pena (até 65,7kg.), o brasileiro segue colecionando vítimas e comprovado sua superioridade diante dos rivais escalados pela organização.

Campeão do grupo desde abril de 2017, Patrício não sabe o que é perder há quase cinco anos. Seu último resultado negativo aconteceu em agosto de 2016, quando subiu aos leves e acabou superado por Ben Henderson.

Desde então, são sete vitórias, incluindo a conquista do cinturão dos penas, em 2017, e o título dos leves em 2019. No último, o potiguar fez história ao se tornar o primeiro duplo campeão na companhia.

PUBLICIDADE:

Nos penas, Patrício segue com a fama de intocável. Diante de McKee, caso saia vitorioso, o brasileiro chegará à sexta defesa de cinturão em seu segundo reinado.

2) McKee: perigo real

A. McKee nunca perdeu em 17 lutas na carreira. Foto: Reprodução/Instagram

Se de um lado temos um ídolo brasileiro incontestável na empresa, do outro, os fãs acompanharão uma joia lapidada pelo Bellator por anos. Considerado a maior revelação na história da companhia, AJ não sabe o que é atuar com outras luvas.

Aos 26 anos, o lutador foi ‘criado’ dentro da companhia. Filho do também combatente, Antonio McKee, o jovem passou por todas as etapas estabelecidas pela organização até chegar à sonhada disputa de cinturão.

Para conquistar o direito de desafiar Patrício pelo título, o norte-americano realizou 17 compromisso, vencendo em todas as oportunidades. Entre os desafios, o atleta teve sucesso no GP da divisão e também concorrerá ao prêmio de US$1 milhão (mais de R$5 milhões) entregue ao vencedor do torneio, que se encerra neste fim de semana.

Alto, forte e com vantagem na envergadura, McKee mostrou tranquilidade durante toda a promoção do confronto. Em coletiva de imprensa que precedeu o espetáculo, o norte-americano apontou essas características como determinantes para seu sonhado triunfo sobre o potiguar.

3) Maior luta na história do Bellator

Bellator aposta alto no evento de 31 de julho. Foto: Reprodução/Instagram

O fim de semana também poderá entrar para a história da companhia presidida por Scott Coker. Vivendo um novo momento, a organização, que passou a apostar em jovens talentos recentemente, fará frente e poderá bater o UFC em audiência com as duas organizações promovendo shows em horários que se cruzarão.

Além de promover um evento em dia diferente dos usuais (sextas-feiras), o Bellator também ‘provoca’ lançando como protagonista Pitbull. O brasileiro é frequentemente citado em discussões sobre ser melhor – ou não – do que o atual campeão dos penas do Ultimate, Alexander Volkanovski. Para apimentar, a companhia, enfim, coloca seu maior pupilo à prova.

Na coletiva promocional do show, Scott Coker adotou cautela sobre se tratar da maior luta já promovida pela companhia. O presidente, no entanto, afirmou que o público terá a resposta ao fim do duelo de sábado, quando saberemos se a ‘coroa’ ficará com Patrício ou se surgirá um ‘novo rei’.

4) O que resta para Pitbull, se vencer?

P. Pitbull é campeão dos penas e leves do Bellator. Foto: Reprodução/InstagramP. Pitbull (foto) derrotou M. Chandler em 2019. Foto: Reprodução/Instagram

Depois que atropelou Michael Chandler e somou seu segundo título consecutivo no Bellator, ficou insustentável não chamar o brasileiro de lenda. Antes, o norte-americano reinava absoluto, assumindo o papel de estrela principal.

Quando fez história e desbancou Chandler – hoje no UFC -, Patrício assumiu o posto com maestria e segue provando seu talento a cada compromisso. A questão que fica é: o que fará Patrício se superar Mckee?

Para atingir o alto nível de competitividade e respeito, Pitbull passou por grandes nomes da companhia e pouco teve trabalho. Agora, caso vença a maior aposta do Bellator, o atleta se encontrará em uma encruzilhada, já que lidera duas divisões e superou adversários que falharam em batê-lo.

Recentemente, o brasileiro admitiu que há chances de tentar fazer ainda mais história e buscar um terceiro título, algo inédito. Embora não dê como certo o plano, Patrício não descarta descer aos galos e trocar forças contra o campeão recém-coroado, Sergio Pettis. Tudo, porém, dependerá do que acontecer neste fim de semana.

5) Se Pitbull perde, revanche imediata (penas ou leves)

P. Pitbull e A. McKee se enfrentam no Bellator 263. Foto: Reprodução/Instagram

Caso vença, Patrício seguirá com seu nome exaltado. No entanto, é necessário se ater à possibilidade da derrota.

Se for batido, dificilmente Pitbull precisará de um novo teste antes de tentar recuperar seu cinturão. O ousado McKee, inclusive, admite a chance de uma revanche imediata. Confiante, o jovem, no entanto, afirma que o novo confronto pode não ser no peso pena, já que também está de olho no trono do potiguar na categoria de cima.

Em conversa com a imprensa, AJ não escondeu que seu sonho sempre foi ser duplo campeão, assim como é Pitbull hoje. Para o norte-americano, se vencer o brasileiro, o reencontro pode ser em breve, mas o peso pena pode não ser o caminho escolhido.

Ficha técnica do Bellator 263

Data: 31 de julho de 2021

Horário: A partir das 20h (horário de Brasília)

Local: The Forum, Los Angeles, Estados Unidos

Como assistir: SUPER LUTAS AO VIVO o card preliminar na integra mais em TEMPO REAL de todas as lutas; Card Principal: FOX Sports

CARD PRINCIPAL

Peso pena: Patricio Pitbull x A.J. McKee – Luta pelo cinturão e final do GP dos penas

Peso pena: Emmanuel Sanchez  x Mads Burnell

Peso leve: Usman Nurmagomedov (70,4kg.) x Manny Muro

Peso leve: Islam Mamedov (70,2kg.) x Brent Primus

Peso leve: Goiti Yamauchi  x Chris Gonzalez

CARD PRELIMINAR

Peso mosca: Vanessa Porto  x Ilara Joanne

Peso casado: Gadzhi Rabadanov  x Daniel Carey

Peso pena: Khasan Magomedsharipov x Jonathan Quiroz

Peso casado: Johnny Cisneros x Joshua Jones

Peso leve: Kiefer Crosbie x Georgi Karakhanyan

Peso galo: Brian Moore  x Jordan Winski

Leia Mais sobre: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Comentários

Deixe um comentário

Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88