Após polêmica sobre vacina, Chandler revela que assinou contrato para lutar no UFC 268 | SUPER LUTAS

Após polêmica sobre vacina, Chandler revela que assinou contrato para lutar no UFC 268

Através de postagem em seu 'Twitter', o peso leve contou que oficializou a sua próxima luta para o dia 6 de novembro mas não revelou o oponente

M. Chandler vem de derrota para C. Do Bronx Foto: Reprodução/Instagram

Após criar polêmica por se recusar a tomar vacina contra a covid-19, Michael Chandler revelou que seu próximo combate irá acontecer na data projetada, no dia 6 de novembro. Em seu ‘Twitter’, o norte-americano contou que assinou contrato para lutar no UFC 268, porém, não revelou o nome do seu adversário.

Veja Também

“Assinado, selado e entregue. No dia 6 de novembro nós festejamos”, escreveu Chandler.

A polêmica foi criada após o Ultimate indicar que o UFC 268 seria realizado no Madison Square Garden em Nova York (EUA). As leis da cidade norte-americana impõem que todos que pretendem participar de eventos de entretenimento mostrem a comprovação de que foram vacinados contra a covid-19. Porém, o ex-campeão do Bellator afirmou que não tomaria a vacina, o que colocou em risco o seu duelo contra Justin Gaethje.

Apesar do imbróglio, na última terça-feira (24), o peso leve afirmou que assinou contrato para lutar na data proposta pela organização, mas, não revelou o nome do seu oponente. Resta saber se a organização irá mudar o local do show ou se Chandler mudou de idéia e resolveu se vacinar.

Na quarta colocação do ranking dos leves, o ‘Iron’ estreou no Ultimate em janeiro de 2021 com um rápido nocaute sobre Dan Hooker. Imediatamente alçado à uma disputa de cinturão, o norte-americano foi derrotado pelo brasileiro Charles Do Bronx no último mês de maio. O veterano possui um cartel no MMA de 22 triunfos e seis reveses.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments