Smith explica princípio de confusão com Spann após vitória dominante no UFC Las Vegas 37

Ex-desafiante ao cinturão dos meio-pesados respondeu sobre tumulto criado depois de finalizar adversário no primeiro round

A. Smith após finalizar R. Spann no UFC Las Vegas 37. Foto: Reprodução/Instagram

Não foi apenas a vitória dominante de Anthony Smith sobre Ryan Spann que chamou atenção na luta principal do UFC Las Vegas 37. Depois de ‘passear’ contra uma promessa da organização, o veterano foi pivô de um início de confusão no octógono, na qual seguranças da organização precisaram intervir. Na coletiva após o show, o ex-desafiante ao título dos meio-pesados (até 93kg.) explicou a situação.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Você não precisa que gostar de mim. Nós não temos que nos dar bem, ser amigos. Você pode achar que você vai me dar uma surra e, às vezes, pode até dar, mas eu acho que respeitar minha jornada é uma coisa que eu espero sempre, de qualquer um. Ele (Spann) não respeitou. Disse que não se preocupava com o que já conquistei (no UFC), que não se importava sobre ‘lutas principais’, com quem eu derrotei. Ele não liga sobre os bônus. Aposto que ele se preocupa agora”, cutucou Smith.

Na semana do confronto, Anthony já havia demonstrado certo desconforto sobre as declarações de Spann. Durante a promoção do duelo, Ryan minimizou os perigos que poderiam ser impostos pelo veterano, que provou, no octógono, o contrário.

PUBLICIDADE:

Depois do tumulto no fim da disputa, os ânimos se acalmaram e o adversário do antigo desafiante ao cinturão, enfim, conseguiu se aproximar do rival. Os dois selaram a paz com um abraço e colocaram fim nos problemas.

A vitória de Smith reaproxima do norte-americano do top 5 do grupo liderado por Jan Blachowicz. Após o triunfo, o atleta pediu uma revanche contra Aleksandar Rakic, atual número três no grupo, por quem foi batido em agosto de 2020.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?