Volkanovski se vê entre os ‘melhores da história’ dos penas depois de vitória sobre Ortega no UFC 266

Australiano defendeu o título até 65,7kg. pela segunda vez e falou sobre ‘seu tamanho’ na história da divisão

A. Volkanovski em coletiva pós-UFC 266. Foto: Reprodução/YouTube

Com a vitória sobre Brian Ortega no UFC 266 do último sábado (25), Alexander Volkanovski conseguiu, pela segunda vez, defender o título dos penas (até 65,7kg.) e abriu discussão sobre o melhor lutador da história da divisão. Em entrevista coletiva pós-evento, o australiano deixou a modéstia de lado ao falar sobre ‘seu tamanho’ para o esporte.

Veja Também

“Se você me viu passar por caras como Max Holloway por duas oportunidades, (José) Aldo, (Chad) Mendes, (Brian) Ortega, você não pode me colocar de fora (da lista) dos maiores da história”, disse Volkanovski.

Além disso, Alexander também tratou de elogiar o ex-campeão José Aldo e destacou, inclusive, que precisou superar o estilo distinto do brasileiro no combate entre os dois atletas, que ocorreu em maio de 2019, no Rio de Janeiro. Na ocasião, ele neutralizou o jogo do ‘Campeão do Povo’ e venceu na decisão dos juízes.

“Eu garanto que meu nome estará na discussão, mais uma vez. Eu tive que vencer todos os estilos, como o do (José) Aldo, que permaneceu como campeão durante muito tempo”, finalizou o campeão.

Aos 32 anos, Alexander Volkanovski aumentou seu retrospecto nas artes marciais mistas e, agora, tem 23 triunfos e um revés. Destaque na coletiva, ele chegou em sua décima vitória no Ultimate.

Podcast #034: A volta de Borrachinha ao UFC e a possível aposentadoria de Fedor