Marvin Vettori se diz melhor do que Borrachinha na luta em pé e afirma que quer nocautear o brasileiro

O italiano e o brasileiro medem forças na luta principal do UFC Las Vegas 41, neste sábado (23)

M. Vettori em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Em entrevista ao site norte-americano MMAJunkie.com, Vettori, que assim como Borrachinha é conhecido por dar fortes declarações antes de suas lutas, destacou o clima “ameno” entre os dois nas últimas semanas. O italiano, no entanto, fez questão de afirmar que, apesar de não ter nada pessoal contra o adversário, não é fã do brasileiro.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Sinto que estamos bem quietos chegando perto da luta. Vamos ver como será na semana da luta. Não necessariamente gosto do cara. Não é alguém de quem eu seria amigo. Ele falou muita m**** antes, aqui e acolá. Mas não o conheço pessoalmente. Ele nunca fez nada para mim, então não é pessoal. Dito isso, não preciso de nada pessoal para deixar alguém inconsciente. Não preciso de nada pessoal para lidar com problemas no octógono”, garantiu Vettori.

Vettori e Borrachinha têm algo em comum. Os dois entram no octógono neste sábado buscando se recuperar de derrotas para o atual campeão peso médio Israel Adesanya. O brasileiro foi nocauteado por Izzy em setembro de 2020, enquanto o italiano perdeu para o nigeriano na decisão unânime dos juízes em junho deste ano. Por isso, Vettori acredita ser superior a Borrachinha inclusive na luta em pé.

PUBLICIDADE:

“Ele é bom em algumas áreas da luta em pé. Tem uma mão pesada e poder de nocaute, mas sinto que, no geral, como lutador de MMA, sou superior. Até na luta em pé eu sou superior. Vou dar aos fãs o que eles querem. Quero nocautear esse cara. Minha mente está pronta, meu corpo está pronto e meu espírito está pronto”, disse Vettori.

Paulo Borrachinha e Marvin Vettori se enfrentam na luta principal do UFC Las Vegas 41, neste sábado (23). O evento conta ainda com a presença dos brasileiros Francisco Massaranduba, Gregory Robocop, Tabatha Ricci, Maria Oliveira, Daniel Miojo e Livinha Souza.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?