Scott Coker explica escolha pelo duelo entre Patrick e Queally válido pelo cinturão dos leves

O mandatário ressaltou que foi uma condição imposta pelo ex-campeão Patrício para poder deixar o título vago; os dois oponentes se enfrentarão no dia 5 de novembro

S. Coker é o presidente do Bellator. Foto: Reprodução/Instagram

Bastante criticado pela escolha da próxima disputa do cinturão dos leves (até 70,3kg), o presidente do Bellator Scott Coker resolveu se defender. O mandatário ressaltou que foi um pedido do ex-campeão Patrício Pitbull e já indicou o próximo desafiante da categoria. A declaração foi dada após o Bellator 268 do último sábado (16).

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: VÍDEO: Lutador surpreende ao nocautear adversário com ‘chute de trivela’ em sua estreia no MMA

Veja Também

“Se você olhar para o nosso ranking, o desafiante número 1 era o Patricky (Pitbull). Então nós seguimos isso. Quando negociamos com o Patrício, ficou muito claro: ‘Eu deixo o cinturão se meu irmão puder lutar pelo título, porque se ele ganhar, eu não vou querer lutar com o meu irmão’. Então, ele disse: ‘Ok, então vou deixá-lo ir. Vou me concentrar na divisão dos penas (até 65,7kg)”, afirmou Cooker.

PUBLICIDADE:

Criticado pelo ex-campeão dos leves Brent Primus, Scott pediu calma ao norte-americano e cravou que ele será o próximo desafiante da categoria.

“O que eu vou dizer é que Primus terá sua chance depois desta luta Esta luta vai acontecer em questão de semanas, talvem em janeiro ou fevereiro. Talvez o vencedor de Queally e Patricky possa lutar com Primus”, emendou o mandatário.

PUBLICIDADE:

O duelo pelo cinturão vago dos leves entre Patricky Pitbull e Peter Queally será realizado no Bellator 270, programado para o dia 5 de novembro. O espetáculo será realizado em Dublin (IRL).

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS