Vettori sugere ‘fragilidade psicológica’ de Borrachinha ao falar sobre brasileiro beber vinho antes do UFC 253

Adversário do mineiro neste sábado, italiano comenta polêmica de 2020 e espera tirar proveito do que pensa ser um problema para o tupiniquim

M. Vettori em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Rival de Paulo Borrachinha no UFC Las Vegas 41, que acontece neste sábado (23), Marvin Vettori comentou sobre a polêmica envolvendo o brasileiro ingerir vinho antes de luta em 2020. Analisando a situação, o italiano se disse surpreso com o caso e sugeriu uma ‘fragilidade psicológica’ do brasileiro. Na ocasião, o mineiro acabou derrotado por Israel Adesanya no UFC 253.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“No começo, pensei que fosse uma desculpa (sobre Paulo ter ingerido vinho antes de encarar Adesanya). Depois, pareceu que realmente aconteceu. É ainda mais chocante, porque, se você não consegue dormir, é nisso que você pensa? ‘Vou beber uma garrafa de vinho’? Um lutador deste nível pensar em beber uma garrafa um dia antes de uma luta? Você é maluco. Não faz sentido”, disse o italiano, em entrevista à ‘ESPN’.

Ainda analisando a situação ocorrida antes da luta no UFC 253, Vettori sugeriu uma possível ‘fragilidade psicológica’ do brasileiro. Para Marvin, o momento do passado pode ajudá-lo a tirar vantagem para o embate deste fim de semana.

PUBLICIDADE:

“Isso mostra que você não conhece bem sua mente, não consegue se colocar em um bom lugar. Isso me dá confiança, mas não quero me basear muito nisso, porque ainda espero o melhor dele”, encerrou.

Neste fim de semana, Borrachinha e Vettori dividem o octógono na luta principal do UFC Las Vegas 41. O vencedor do confronto poderá retomar a condição de desafiante ao cinturão da categoria.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?