Jon Jones descarta retorno a antiga academia e revela busca por uma nova equipe

Expulso recentemente da 'Jackson Wink MMA', o ex-campeão dos meio-pesados declarou que está em busca de um novo time para poder dar seguir a sua carreira

J. Jones (foto) foi preso recentemente acusado de violência doméstica. Foto: Instagram @jonnybones)

Recentemente demitido da equipe ‘Jackson Winck MMA’, Jon Jones descartou retornar a sua antiga casa e revelou que já procura um novo time. Em postagem em seu ‘Twitter‘, o ex-campeão dos meio-pesados (até 93kg) agradeceu pelo tempo que passou na academia, mas assumiu que já procura um novo local para continuar se preparando para as suas lutas.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: IMAGEM FORTE: Ex-campeão fica com rosto esmagado após receber pisão ‘à la Anderson Silva’ no UFC 268

LEIA TAMBÉM: Vídeo: ‘Gordinho do UFC’ apaga rival com chute rodado à la Edson Barboza e comemora com salto mortal

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Com certeza não vou voltar, mas vou continuar torcendo por todos os lutadores que estão treinando lá. Eu acredito que meus métodos de treinamento e sessões melhoraram significativamente desde a mudança de ambiente. Grato por todo o tempo que passei ali, mas tudo tem seu tempo”, escreveu Jones.

O ex-campeão disse que precisa de novos companheiros de treinos e revelou que procura por uma nova academia para poder seguir sua carreira

PUBLICIDADE:

“Sei que não poderei treinar na minha garagem para sempre, eventualmente vou precisar de mais companheiros de treino. Principalmente parceiros de wrestling e kickboxers. Estou à procura de times que poderei visitar e treinar, talvez fazer algumas sessões de sparring”, finalizou ‘Bones’.

PUBLICIDADE:

Ex-líder dos meio-pesados, Jones se envolveu em mais uma polêmica recentemente. No último mês de setembro, Jon foi preso acusado de violência doméstica. Ainda em preparação para a sua estreia na divisão dos pesados (até 120,2kg), ‘Bones’ ainda não teve data e nem adversário definidos pela organização.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?