Ainda motivado, Max Holloway revela sonho de fazer parte do ‘Olimpo do MMA’

Ex-campeão da categoria do penas, o Havaiano também se mostrou ansioso para o duelo contra o 'Pantera' no UFC Vegas 42 desse sábado (13)

Max Holloway após pesagem do UFC Vegas 42 Foto: Instagram

Engana-se quem pensa que Max Holloway encontra-se desmotivado após as últimas derrotas em disputas de cinturão. Em entrevista ao ‘Combate’, o ex-campeão dos penas (até 65,7kg) elogiou o seu próximo adversário Yair Rodriguez e revelou o sonho de ser reconhecido como um dos maiores nomes da história do MMA.

PUBLICIDADE:

LEIA MAIS: UFC 28 anos: O dia que revolucionou a história das artes marciais mistas

Veja Também

“O que me mantém motivado é o que eu ainda tenho dentro de mim, que é a vontade de ter o meu rosto no ‘Monte Rushmore* do MMA‘. Quero estar ao lado de Khabib (Nurmagomedov), Anderson Silva e Georges St-Pierre. Até esse dia chegar, eu vou seguindo em frente. Só preciso continuar lutando, tendo ótimas performances e vencendo lutas de um jeito empolgante. É assim que se constrói um legado”, afirmou Holloway.

PUBLICIDADE:

O próximo compromisso de Max será no próximo sábado (13), contra o prospecto Yair Rodriguez. O ex-campeão mostrou respeito pelo lutador mexicano e disse estar ansioso para a hora da luta.

“Yair é muito pouco ortodoxo, gosta de dar aqueles chutes rodados super explosivos. Tenho que respeitá-lo, mas estou ansioso, porque esse é o tipo de luta que me empolga. Gosto de fazer lutas perigosas, e ele é um cara perigoso. Por isso quero que o sábado chegue logo. Me sinto ótimo para essa luta. Mal posso esperar para subir lá e dar mais um show inesquecível. Não sinto pressão alguma, é apenas mais uma luta. Claro que bate um nervosismo de vez em quando, mas é só mais uma luta. Estou louco para me divertir lá dentro”, finalizou Max.

PUBLICIDADE:

Campeão dos penas entre 2017 e 2019, Holloway foi destronado por Alexander Volkanovski em dezembro daquele ano. Na revanche, em julho de 2020, o havaiano foi novamente derrotado. Sua recuperação aconteceu em janeiro desse ano, quando atropelou Calvin Kattar durante cinco rounds e venceu na decisão unânime dos juízes. O combatente possui um cartel no MMA de 22 triunfos e seis reveses.

PUBLICIDADE:

Nota da redação: Monte Rushmore é uma escultura localizada em Keystone, Dakota do Sul (EUA). Nela, estão esculpidos os rostos de quatro importantes presidentes da história do Estados Unidos: George Washington, Thomas Jefferson, Theodore Roosevelt e Abraham Lincoln. O monumento começou a ser desenhado em 1927 e foi finalizado/inaugurado em 1941.

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS