Masvidal explica por que deixou luta no UFC 269 e se oferece para enfrentar Edwards no início de 2022

Lesionado, norte-americano afirma que não poderia se apresentar 100% para confronto em dezembro e propõe nova data

J. Masvidal e L. Edwards se enfrentariam no UFC 269. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Duas vezes desafiante ao cinturão dos meio-médios (até 77kg.) do Ultimate, Jorge Masvidal esclareceu sobre sua saída do UFC 269. O lutador, que enfrentaria Leon Edwards em 11 de dezembro, abriu o jogo sobre a lesão e o que o motivou a desistir do compromisso. Ainda disposto a encarar o inglês, o norte-americano também propôs uma nova data para o embate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu venho de duas derrotas. Preciso ter certeza de que vou estar saudável e dar tudo de mim. Se ele (Edwards) quiser esperar até fevereiro ou março, posso decapitá-lo para que o mundo veja. Se ele não quiser, o que posso fazer? Vamos nos encontrar eventualmente”, disse Masvidal, em entrevista ao ‘The MMA Hour’.

Caso Leon, que segue com o próximo compromisso indefinido, deseje seguir como oponente de Masvidal, o duelo ganharia meses de adiamento. Se o inglês rejeitar a proposta, Jorge tem um ‘plano b’.

PUBLICIDADE:

“Se Edwards disser ‘não’, vou deixar para lá e o escolhido será Colby (Covington)”, encerrou.

Atual número sete no ranking dos meio-médios, Masvidal não se apresenta desde abril de 2021. Na ocasião, o norte-americano acabou atropelado pelo campeão com um nocaute brutal no segundo round.

PUBLICIDADE:

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS