Com ‘lesões mínimas’, Max Holloway e Yair Rodriguez escapam de ganchos longos após ‘guerra’

Após vencer Ben Rothwell em apenas 30 segundos, Marcos 'Pezão' pode ficar afastado por até seis meses por possível lesão na mão

M. Holloway e Y. Rodriguez em ambulância após UFC Las Vegas 42 (Foto: Instagram/Max Holloway)

A guerra de cinco rounds protagonizada por Max Holloway e Yair Rodriguez na luta principal do UFC Las Vegas 42 levou os dois lutadores direto do octógono para o hospital no último sábado (13). Apesar dos danos aparentes, no entanto, o havaiano e o mexicano tiveram “lesões mínimas” e escaparam de ganchos médicos longos.

PUBLICIDADE:

Veja Também

De acordo com a lista de suspensões médicas divulgada pelo site mixedmartialarts.com, Max Holloway foi diagnosticado uma laceração acima do olho direito, enquanto Yair Rodriguez também teve uma laceração. Os dois lutadores estarão liberados para lutar a partir do final de dezembro.

Por outro lado, Marcos “Pezão”, que atropelou Ben Rothwell em apenas 30 segundos na luta co-principal do evento, está entre os sete lutadores que podem receber suspensão de até seis meses. Além do brasileiro, são eles: Ben Rothwell, Khaos Williams, Andrea Lee, Cynthia Calvillo, Cortney Casey e Liana Jojua.

PUBLICIDADE:

Confira a lista completa de suspensões abaixo:

Max Holloway: Suspenso até 14 de dezembro, sem contato até 5 de dezembro – laceração acima do olho direito, luta dura.

PUBLICIDADE:

Yair Rodriguez: Suspenso até 29 de dezembro, sem contato até 14 de dezembro – laceração.

PUBLICIDADE:

Marcos “Pezão”: Precisa de um raio-X na mão direita. Se positivo, precisa de liberação do ortopedista ou não pode lutar até 13 de maio. Suspensão mínima sem lutar até 14 de dezembro, sem contato até 5 de dezembro.

Ben Rothwell: Precisa de um raio-X no nariz. Se positivo, precisa de liberação do otorrinolaringologista ou não pode lutar até 13 de maio. Suspensão mínima sem lutar até 29 de dezembro, sem contato até 14 de dezembro.

Leah Letson: Suspensa até 29 de dezembro, sem contato até 14 de dezembro.

Khaos Williams: Precisa de um raio-X na mão direita. Se positivo, precisa de liberação do ortopedista ou não pode lutar até 13 de maio. Suspensão mínima sem lutar até 5 de dezembro, sem contato até 28 de novembro.

Miguel Baeza: Suspenso até 29 de dezembro, sem contato até 14 de dezembro.

Julio Arce: Suspenso até 29 de dezembro, sem contato até 14 de dezembro.

Thiago Moisés: Suspenso até 29 de dezembro, sem contato até 14 de dezembro – laceração no couro cabeludo.

Andrea Lee: Precisa de raio-X na mão esquerda e no pé esquerdo. Se positivo, precisa de liberação do ortopedista ou não pode lutar até 13 de maio. Suspensão mínima sem lutar até 14 de dezembro, sem contato até 5 de dezembro.

Cynthia Calvillo: Precisa de liberação do oftalmologista, otorrinolaringologista ou especialista em maxilofacial por fratura no orbital inferior direito ou sem lutar até 13 de maio. Suspensão mínima sem lutar até 29 de dezembro ou sem contato até 14 de dezembro.

Collin Anglin: Suspenso até 14 de dezembro, sem contato até 5 de dezembro.

Cortney Casey: Precisa de raio-X na mão direita. Se positivo, precisa de liberação do ortopedista ou não pode lutar até 13 de maio.

Liana Jojua: Precisa de liberação do otorrinolaringologista por nariz quebrado ou sem lutar até 13 de maio. Suspensão mínima sem lutar até 29 de dezembro, sem contato até 14 de dezembro.

Marc Diakiese: Suspenso até 28 de novembro, sem contato até 21 de novembro.

Kennedy Nzechukwu: Suspenso até 29 de dezembro, sem contato até 14 de dezembro.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?