Ex-UFC, lutador é preso após urinar em cassino e agredir segurança em Las Vegas, diz site

Anthony Rocco Martin chegou a ser imobilizado por seguranças sob acusação de condutas obscenas e práticas agressivas

A. Rocco Martin foi preso nos EUA. Foto: Reprodução/Instagram @anthonyroccomartin

No último sábado (20), o ex-UFC Anthony Rocco Martin foi preso sob acusação de condutas obscenas em local público, além de práticas agressivas contra um segurança em um cassino localizado em Las Vegas, nos Estados Unidos. A informação foi divulgada pelo site norte-americano ‘8 News Now Las Vegas’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Segundo com relatos policiais, o atleta, de 31 anos, teria agredido um segurança na garganta depois de ser afrontado por ter urinado em um dos corredores do ‘Caesars Palace’ – hotel de luxo e cassino. Em seguida, os profissionais chegaram a imobilizá-lo e efetuaram a prisão.

Rocco Martin, inclusive, estaria sob influência de álcool ou substância controlada, além de declarar que teria sido preso injustamente. Martin foi solto ainda no mesmo dia e deve comparecer a um Tribunal de Justiça do local, no dia 19 de janeiro.

PUBLICIDADE:

Profissional das artes marciais mistas desde 2012, Anthony Rocco Martin soma um cartel de 23 lutas na carreira – com 17 triunfos e seis reveses. O norte-americano fez 15 combates no Ultimate, com destaques para vitórias contra Serginho Moraes, Jake Matthews e Ryan LaFlare. Ele também já enfrentou Demian Maia e Neil Magny.

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?