Em má fase, Woodley promete quatro lutas em 2022, todas em modalidades diferentes

Sem vencer há mais de três anos, ex-campeão busca redenção na próxima temporada; atleta acumula tropeços no MMA e boxe

T. Woodley (foto) foi campeão dos meio-médios do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

No momento mais complicado em sua carreira nos esportes de combate, Tyron Woodley busca a redenção. Com um cinturão do UFC em seu currículo, o atleta quer um 2022 movimentado, para provar que, mesmo com quase 40 anos, ainda é capaz de atuar em alto nível. Assim, o lutador prometeu quatro compromissos na próxima temporada, e com um adicional.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu sou o único atleta livre (de contrato) nos esportes de combate. Ninguém mais pode dizer isso. Posso lutar aqui e lá. Em qualquer lugar. Vocês verão minhas lutas múltiplas vezes e em diferentes promoções, em quatro estilos”, disse Woodley, em entrevista ao ‘MMA Junkie’.

Empolgado com a retomada na carreira, Tyron está disposto a fazer algo inédito nos esportes de combate. O atleta ainda garantiu que as artes marciais mistas estão nos planos, sugerindo uma data para voltar à modalidade.

PUBLICIDADE:

“Serei o primeiro a fazer isso e todos vão vir atrás. Um dos estilos será MMA. Quero lutar MMA em julho, em um confronto muito especial para mim. Provavelmente, será em Las Vegas”, encerrou.

A trajetória vitoriosa de Woodley dentro das artes marciais mistas não foi transcrita nos últimos anos. Campeão dos meio-médios (até 77kg.) do UFC entre 2016 e 2019, Tyron não vence no MMA há mais de três anos.

Com quatro reveses consecutivos, o lutador acabou dispensado pelo Ultimate. Na sequência, o veterano aceitou enfrentar o youtuber Jake Paul em embate disputado nas regras do boxe. Para a surpresa de muitos, Woodley acabou derrotado por pontos, ampliando o mau momento.

PUBLICIDADE:

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC