Ultimate ‘abre carteira’ e distribui oito bônus de R$280 mil após UFC 269; Do Bronx e Blindado são premiados

Depois de um dos melhores eventos da temporada 2021, organização decide mostrar reconhecimento às principais estrelas do show

Foto: Reprodução/Instagram

Depois de um dos melhores eventos na temporada 2021, o Ultimate decidiu ‘abrir o bolso’ e entregou oito prêmios de US$50 mil (cerca de R$280 mil) aos destaques do UFC 269. O grande espetáculo do UFC 269, realizado neste sábado (11), em Las Vegas (EUA), entregou aos fãs grandes apresentações. Estrelas brasileiras, o campeão dos leves (até 70,3kg.), Charles do Bronx e Bruno Blindado estão entre os felizardos.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Na luta mais importante de sua carreira, Do Bronx voltou a mostrar raça no desafio contra Dustin Poirier. Em sua primeira defesa de título, o brasileiro assustou os brasileiros no primeiro round, mas conseguiu grande recuperação e finalizou o desafiante de forma categórica no terceiro round.

Outro tupiniquim que brilhou no show foi Bruno Blindado. Promessa dos médios (até 83,9kg.), o atleta fez valer, mais uma vez, a fama de nocauteador e atropelou Jordan Wright de forma fulminante e ampliou a grande fase na empresa.

PUBLICIDADE:

Responsável pelo grande anticlímax para a torcida brasileira no evento, Julianna Peña não foi esquecida. A atleta recebeu um dos bônus de performance depois de chocar o mundo e finalizar a lendária Amanda Nunes, tomando o cinturão dos galos (até 61,2kg.) que pertencia à baiana desde 2016.

Protagonista de um grande massacre no card principal, Kai Kara-France é outro que tem motivos para comemorar. Responsável por dar as boas-vindas a Cody Garbrandt no peso mosca (até 56,7kg.), o combate ‘passeou’ contra o ex-campeão dos galos e brutalizou o rival ainda no primeiro round.

PUBLICIDADE:

‘Queridinho’ da organização, Sean O’Malley não ficou de fora da premiação. Carrasco de Raulian Paiva no confronto que abriu a segunda metade do espetáculo, o norte-americano foi mais um a levar a ‘bolada’.

PUBLICIDADE:

Pesadelo de Augusto Sakai no evento, Tai Tuivasa fez bonito e foi beneficiado por isso. Com R$280 mil a mais no banco, o australiano foi lembrado depois de ‘apagar’ o brasileiro com um nocaute devastador ainda no primeiro round.

A ‘Luta da Noite’ teve tupiniquim envolvido. Em verdadeira batalha no card principal, Dominick Cruz e Pedro Munhoz lucraram por um dos embates mais empolgantes do show. O norte-americano, vencedor no embate, e o paulista, levam R$280 mil.

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico