Diego Ferreira é nocauteado no UFC Las Vegas 45 e sofre terceira derrota consecutiva

Brasileiro é superado por Mateusz Gamrot no card principal e se complica na organização

M. Gamrot derrotou C. Diego Ferreira no UFC Las Vegas 45. Foto: Reprodução/Instagram

A temporada 2021 do Ultimate realmente não foi boa para Carlos Diego Ferreira. Primeiro brasileiro a subir no octógono no card principal do UFC Las Vegas 45, realizado neste sábado (18), o peso leve (até 70,3kg.) não teve sucesso contra o promissor Mateusz Gamrot. Vítima de uma joelhada potente na região das costelas, o amazonense acabou nocauteado no segundo round, quando pediu a interrupção do árbitro após acusar o golpe.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com a derrota, Diego se complica de vez no Ultimate. O tropeço ampliou a má fase do atleta, que, agora, soma três reveses consecutivos.

De um lado, o brasileiro lamenta, mas, do outro, Gamrot vibra. Promessa do UFC, o combatente chega ao terceiro triunfo seguido e chega oficialmente ao ranking da categoria liderada por Charles do Bronx.

PUBLICIDADE:

Em entrevista ainda no octógono, Mateusz desafiou Michael Chandler. O combatente mira avançar ainda mais nos leves.

A luta

O confronto começou com Ferreira desferindo o primeiro ataque, com um chute baixo. Gamrot respondeu com um cruzado, que parou na guarda do brasileiro. Na metade do round, Carlos voou nas pernas do adversário e tentou a primeira queda. O polonês se defendeu bem, fez postura, e não permitiu a investida. Restando pouco mais de dois minutos, foi a vez de Gamrot conseguiu colocar o tupiniquim para baixo, mas, na sequência, permitiu que Diego se levantasse. Nos segundos finais, o polonês voltou a derrubar o brasileiro, mas, assim como no primeiro momento, deixou Diego se levantar. O round acabou com os lutadores trocando golpes no centro do octógono.

PUBLICIDADE:

Na segunda etapa, Diego começou atacando com combinações de chutes e socos. Mateusz não deixava os ataques do brasileiro sem resposta e mostrava perigo no contragolpe. Passado pouco mais de um minuto, o polonês reverteu uma queda do brasileiro e os lutadores passaram a dar show de técnica no chão. Gamrot desistiu da posição e deixou o tupiniquim ficar de pé. Na metade da etapa, Matuesz voltou a derrubar, mas Diego se levantou rápido. Em nova queda, Gamrot conseguiu derrubar, chegou às costas e, com o brasileiro ajoelhado, desferiu uma joelhada na região das costelas do tupiniquim. Diego sentiu o golpe e pediu a interrupção do árbitro.

PUBLICIDADE:

Cub Swanson atropela Darren Elkins no primeiro round

C. Swanson em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Veterano no UFC, Cub Swanson deu um verdadeiro show na luta que abriu o card principal. Conhecido pelo poder de nocaute, o peso pena (até 65,7kg.) fez valer a fama e não deu chances ao rival em confronto de trocação franca. Com uma combinação precisa e contundente de golpes, o atleta fez o adversário ‘perder o rumo’ no primeiro round.

Com a vitória, Swanson se afasta do mau momento. Antes de subir no octógono, o lutador somava cinco tropeços nas últimas sete apresentação.

Se por um lado Cub comemora, Darren lamenta o resultado. Com o tropeço, Darren chega a cinco resultados negativos nos últimos sete embates.

Resultados do UFC Las Vegas 45

CARD PRINCIPAL

Peso pesado: Derrick Lewis derrotou Chris Daukaus por nocaute aos 3m36s do R1

Peso meio-médio: Belal Muhammad derrrotou Stephen Thompson na decisão unânime dos juízes (30-25, 30-26, 30-26)

Peso palha: Amanda Lemos derrotou Angela Hill na decisão divida dos juízes (28-29, 30-27, 29-28)

Peso galo: Ricky Simón derrotou Raphael Assunção por nocaute aos 2m14s do R2

Peso leve: Mateusz Gamrot derrotou Carlos Diego Ferreira por nocaute técnico aos 3m26 do R2

Peso pena: Cub Swanson derrotou Darren Elkins por nocaute técnico aos 2m12s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Gerald Meerschaert derrotou Dustin Stoltzfus por finalização (mata-leão) aos 2m58s do R3

Peso pesado: Justin Tafa derrotou Henry Hunsucker por nocaute técnico aos 1m53s do R1

Peso mosca: Melissa Gatto derrotou Sijara Eubanks por nocaute técnico aos 45s do R3

Peso pena: Charles Jourdain derrotou Andre Ewell na decisão unânime dos juízes (30×26, 30×27, 29×27)

Peso pena: Raquel Pennington derrotou Macy Chiasson por finalização (guilhotina) aos 3m07s do R3

Peso pesado: Don’Tale Mayes derrotou Josh Parisian por nocaute técnico (cotoveladas) aos 3m26s do R3

Peso leve: Jordan Leavitt derrotou Matt Sayles por finalização (triângulo invertido) aos 2m05s do R2

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico