Mark Hunt perde processo contra UFC, se revolta e desafia Dana White para luta de MMA

Neozelandês entrou com recurso contra a franquia sob acusação de terem ‘escondido’ os resultados de exames de Brock Lesnar, em luta na edição de nº 200

M. Hunt atacou D. White em seu Twitter. Foto: Reprodução/Instagram

Mark Hunt não vive um bom momento longe do MMA. Depois de ser ordenado a arcar com os custos processuais feitos contra o UFC no valor de US$ 388,235 (cerca de R$ 2,170 milhões), o peso pesado (até 120,2kg.) negou que vá pagar a quantia e tratou de desafiar, publicamente, Dana White. Além disso, ele também disparou contra os irmãos e ex-proprietários da organização, Lorenzo e Frank Fertitta.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Mark ‘Super Samoano’ contra Dana ‘o parasita’ White, Lorenzo Fertitta e Frank Fertitta. Cinco rounds de MMA. Esses perdedores sugaram a vida de muitos lutadores. Se vocês vencerem, eu deixo o processo. Mas se eu vencer, vocês pagam a todos os lutadores desde que o UFC começou. Agora, quem pagaria para ver isso”, escreveu Hunt em seu ‘Instagram’ oficial.

O processo em questão começou em 2017, logo após a luta de Mark Hunt contra Brock Lesnar, que aconteceu no UFC 200. Na ocasião, o neozelandês perdeu na decisão unânime dos juízes, mas viu o revés ser revertido em ‘no contest’, depois do norte-americano testar positivo para o uso de clomifeno – usado, em muitas ocasiões, para mascarar o uso de anabólicos androgênicos –.

PUBLICIDADE:

Por isso, Hunt acusou o UFC de ter ‘escondido’ os resultados dos exames de seu adversário e entrou na justiça com oito ações distintas relacionadas à acordos de má fé, extorsão e fraude. No entanto, as causas foram arquivadas por falta de provas e, em dezembro de 2019, a organização pediu pelo pagamento dos honorários legais. Com a acusação mal sucedida do processo, o lutador terá que pagar US$ 301.792,50 (R$ 1,687 milhão) de honorários dos advogados, além de US$ 86.442,72 (R$ 483 mil) em custos à empresa.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico