Em má fase na carreira, Cody Garbrandt descarta chance de se aposentar do MMA

Mesmo com apenas uma vitória em suas últimas seis lutas, o ex-campeão dos galos mostrou confiança em conseguir uma retomada em sua carreira

C. Garbrandt é nocauteado por K. Kara-France no UFC 269. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Atravessando a pior fase da sua carreira, o ex-campeão dos galos (até 61,2kg) Cody Garbrandt descartou a hipótese de se aposentar das artes marciais mistas. Em declaração dada ao seu podcast ‘Rollin with the Homies‘, o norte-americano cravou que não irá pendurar as luvas agora e mostrou confiança em retomar o caminho das vitórias em sua carreira.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Quando acabar, eu digo que acabou. Nem os fãs, nem Dana, nem ninguém decidirá isso além de mim. Quando eu entender que não tenho mais o que fazer para me esforçar, treinar para estar preparado para ir lá e dar o meu melhor para vencer, então estarei pronto para parar. Posso dizer isso honestamente e tenho uma boa rede de apoio ao meu redor que será como: ‘Olha, vamos olhar para outra coisa.’ Mas isso está tão longe no caminho. Tenho 30 anos, ainda tenho muito que fazer”, disse o ‘No Love’.

Ex-campeão da divisão liderada por Aljamain Sterling, Cody venceu apenas uma de suas últimas seis lutas no octógono mais famoso do mundo. Além do nocaute sobre Raphael Assunção, o norte-americano foi derrotado por TJ Dillashaw (duas vezes), Pedro Munhoz, Rob Font e Kai Kara-France. O norte-americano possui um cartel de 12 triunfos e cinco reveses no MMA profissional.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico