UFC confirma trilogia entre Volkanovski e Holloway e revanche entre Yan e Sterling em março

Marcado para o dia 5 de março, UFC 272 terá disputas dos cinturões peso galo e peso pena da organização

M. Holloway (esq.) e A. Volkanovski (dir.) se enfrentaram em 2019 e 2020. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Na última quarta-feira (05), o UFC confirmou duas disputas de cinturão para o UFC 272, no dia 5 de março, em Las Vegas (EUA). Na divisão dos penas (até 65,7 kg), o campeão Alexander Volkanovski e o desafiante Max Holloway se enfrentam pela terceira vez. Já no peso galo (até 61,2 kg), o campeão linear Aljamain Sterling e o interino Petr Yan duelam em revanche pela unificação dos títulos.

PUBLICIDADE:

Veja Também

A informação foi confirmada pelo presidente do UFC, Dana White, em declaração à ESPN norte-americana.

Alexander Volkanovski e Max Holloway se enfrentam pela terceira vez no octógono após o australiano levar a melhor nos dois primeiros encontros. O primeiro deles aconteceu no UFC 245, quando o australiano superou o então campeão e tomou para si o cinturão da categoria. Sete meses depois, no UFC 251, Volkanovski defendeu o título na revanche contra Holloway em uma decisão dividida contestada por muitos fãs do havaiano.

PUBLICIDADE:

De lá pra cá, Alexander Volkanovski defendeu o cinturão em mais uma oportunidade, em uma “guerra” contra Brian Ortega, no UFC 266, em setembro de 2021. Holloway, por sua vez, superou Calvin Kattar e Yair Rodriguez para garantir mais uma chance de disputar o título.

A outra disputa de cinturão apresenta uma das grandes rivalidades atuais do UFC. Aljamain Sterling e Petr Yan se enfrentam em revanche para definir de uma vez por todas quem é o merecedor do trono. No primeiro encontro, o russo, então campeão, perdeu o cinturão ao acertar uma joelhada ilegal no norte-americano, que não conseguiu retornar e se tornou o primeiro lutador a conquistar o título do UFC por desclassificação do adversário.

PUBLICIDADE:

Aljamain Sterling e Petr Yan tinham revanche marcada para outubro, mas uma cirurgia do norte-americano forçou o UFC a criar um cinturão interino, conquistado pelo russo com vitória sobre Cory Sandhagen.

PUBLICIDADE:

Além das duas disputas de cinturão, o card do UFC 272 já tem presença confirmada de dois brasileiros. No peso pena, Edson Barboza encara Bryce Mitchell, enquanto no peso palha (até 52,1 kg) Marina Rodriguez mede forças com Yan Xiaonan.

Podcast #45: Volkanovksi sem desafiante e brasileiros no 1º UFC do ano