Amanda Nunes deixa ‘American Top Team’ e deve fundar sua própria equipe, diz site

‘Leoa’ deve seguir na Flórida (EUA) para iniciar a academia com sua mulher e também lutadora, Nina Nunes

A. Nunes deixa ‘ATT’ para fundar sua própria equipe. Foto: Divulgação/UFC

Parceria de grande sucesso no MMA, a história entre Amanda Nunes e ‘American Top Team’ está próxima do fim. De acordo com o ‘Combate’, a brasileira e campeã dos penas (até 65,7kg.) vai deixar a equipe para fundar – junto à esposa Nina Nunes – sua própria academia na Flórida (EUA).

PUBLICIDADE:

Veja Também

Coincidentemente, a ‘Leoa’ sai da ‘American Top Team’ – fundada por Ricardo Liborio, Conan Silveira e Marcelo Silveira – cerca de um mês após perder seu cinturão dos galos (até 61,2kg.) para Julianna Peña, em combate válido pelo UFC 269 do dia 11 de dezembro. O revés, inclusive, foi a única da brasileira desde que ela decidiu sair da ‘MMA Masters’, em Miami.

E foi na academia que Nunes teve sua grande redenção na carreira. Depois de passar por altos e baixos em sua trajetória, Amanda emplacou uma série de 12 triunfos seguidos enquanto esteve na ‘ATT’, incluindo resultados contundentes contra Valentina Shevchenko (2x), Miesha Tate, Ronda Rousey, Cris Cyborg, Holly Holm e Megan Anderson.

PUBLICIDADE:

Considerada, por muitos, como a melhor lutadora de MMA de todos os tempos, Amanda Nunes conta com um cartel de 21 resultados positivos e cinco negativos no MMA profissional.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano