Ex-UFC, Chris Leben é internado com problemas respiratórios relacionados à Covid-19

Aos 41 anos, o integrante da primeira edição do The Ultimate Fighter relatou falta de ar após Covid-19

Leben (foto) foi internado por complicações relacionadas à Covid-19 (Foto: Divulgação/UFC)

Meses após Diego Sanchez ficar internado em estado grave por conta da Covid-19, outro integrante da primeira edição do The Ultimate Fighter vive situação parecida. Aos 41 anos, Chris Leben anunciou, em seu perfil oficial no Instagram, que também foi hospitalizado por consequência da doença.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Usman cinturão UFC 269

“Então, estou no hospital desde terça-feira. Vim para cá após muita tosse e falta de ar que desenvolvi após a Covid. Não sou de reclamar muito, mas se você não tem me visto na academia ou por aí, esse é o motivo. Peço que mandem energias positivas na minha direção, fora isso não quero falar muito até sabermos exatamente o que está acontecendo”, relatou Leben.

Chris Leben foi uma das principais figuras da primeira edição do The Ultimate Fighter, em 2005. O norte-americano teve um bom início de trajetória no Ultimate, vencendo as cinco primeiras lutas no octógono e sendo parado apenas por Anderson Silva. Seu principal momento na organização foi a surpreendente vitória sobre Wanderlei Silva, em 2011, com um nocaute em apenas 27 segundos de luta.

PUBLICIDADE:

Após quatro derrotas consecutivas entre 2011 e 2013, Leben foi dispensado pelo Ultimate e anunciou aposentadoria do MMA. Cinco anos depois, em 2018, voltou à ação no boxe sem luvas, onde acumulou três vitórias e apenas um revés antes de anunciar novamente a aposentadoria.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano