AO VIVO

Acompanhe o UFC 276, com disputas de cinturão e Alex Poatan

Anthony Smith sugere que desafio de Jones a Miocic reflete insegurança da lenda: ‘Luta mais fácil’

Antigo rival de ‘Bones’ nos meio-pesados entende que estrela do UFC não quis se sujeitar a eventuais combates contra Ngannou ou Gane

J. Jones (foto) não luta profissionalmente desde fevereiro de 2020. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

A ‘novela’ sobre a estreia de Jon Jones nos pesados (até 120,2kg.) do UFC levantou suspeitas quanto a confiança da lenda, por parte de Anthony Smith. Ao saber do desafio de ‘Bones’ a Stipe Miocic, sabendo que Francis Ngannou ficará fora de ação por, provavelmente, toda a temporada 2022, o ex-desafiante ao título do grupo até 93kg. lançou sua teoria. Para o combatente, a investida reflete em cautelas da lenda do MMA em se arriscar na nova divisão.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Jon Jones teve o pior período de casamento de lutas e suas publicações no Twitter. Todos querem que Jon Jones lute, o público tem implorado por isso. Queremos vê-lo nos pesados e não ouvimos, nem vimos nada dele. Não há confirmações de lutas. Ele não fala nada até uma luta pelo cinturão. Depois, Francis Ngannou se machuca e tem problemas contratuais”, indagou Smith, em entrevista ao podcast ‘Belive You Me’.

Questionando a inicial neutralidade de Jon antes da fatídica lesão de Ngannou, Anthony continuou. O atleta, então, iniciou sua teoria sobre por que o ex-campeão dos meio-pesados se calou até dias depois do desfecho do UFC 270, culminando no desafio a Stipe Miocic.

PUBLICIDADE:

Ciryl Gane perde e, agora, ele (Jones) quer lutar. É como se ele tivesse esperado por essa grande bolha que tem crescido para querer lutar. Eu amo Stipe (Miocic), só acho que não é uma luta tão grande quanto ele poderia ter nos pesados. É muito inteligente da parte dele, e o melhor ‘casamento’. Diria que Stipe está fora dos três ou quatro melhores da divisão. É a luta mais fácil. Não digo que é fácil, mas é a mais fácil”, encerrou.

Considerado por muitos como o melhor lutador de MMA de todos os tempos, ‘Bones’ não sobe no octógono há mais de dois anos. Em sua última apresentação, o atleta superou Dominick Reyes e defendeu o título dos meio-pesados. Meses depois, o norte-americano abriu mão do trono e passou a se dedicar ao ganho de massa muscular para estrar na categoria até 120,2kg.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276