AO VIVO

Assista à coletiva pós-UFC 276 com Adesanya, Poatan e mais

Usman se une a Adesanya, rejeita superluta e revela pagamento ‘assustador’ que o faria voltar atrás; confira

Em respeito às raízes africanas, campeão dos meio-médios reforça discurso de ‘Izzy’ e dispensa negociar combate

K. Usman e I. Adesanya ostentam os títulos dos meio-médios e médios do UFC, respectivamente. Foto: Reprodução/Instagram

Nada feito. Depois de Israel Adesanya, foi a vez de Kamaru Usman rejeitar qualquer tipo de negociação para uma superluta contra o amigo. Em entrevista a Jim Rome, o campeão dos meio-médios (até 77kg.) no UFC explicou por que não cogita enfrentar ‘Izzy’. A estrela do Ultimate, no entanto, afirmou que, por um valor ‘assustador’, mudaria de ideia.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu já disse isso antes: Adesanya é um companheiro da Nigéria, um cara legal. Gosto dele, do seu jeito. Prefiro dois nigerianos com cinturões a um com dois títulos”, afirmou.

Como nada é impossível, Usman elaborou o único plano que faria com que voltasse atrás. O atleta pediu um valor astronômico para que o confronto saísse do papel.

PUBLICIDADE:

“Se Dana (White) quiser uma reunião e disser: ‘US$100 milhões (mais de R$500 milhões), vamos dividir’. Nesse contexto, Israel e eu iniciaríamos a conversa. Sob essas condições, meu irmãozinho, meu irmão de sangue, conversaríamos e diríamos: ‘vamos lá fazer um dinheiro”, encerrou.

Em grande fase na carreira, Usman lidera o ranking peso por peso do Ultimate. Adesanya, por sua vez, segue colecionando vítimas no peso médio (até 93kg.) e ampliando seu legado no categoria.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276