AO VIVO

Acompanhe a PFL 5 2022, com esquadrão brasileiro em ação

Após vitória épica no UFC 271, Douglas D’ Silva pede e é atendido com bônus de R$260 mil por ‘Luta da Noite’

Brasileiro tem reconhecimento após show de resistência contra Sergey Morozov, no card preliminar; Tai Tuivasa e Jared Cannonier faturam ‘bolada’ por performances

D. D’Silva (esq.) finaliza S. Morozov (dir.) no UFC 271. Foto: Reprodução/Twitter @ufceurope

Verdadeiro guerreiro no UFC 271, realizado neste sábado (12), em Houston (EUA), Douglas D’ Silva fez o apelo e foi atendido. Após virada épica no confronto contra Sergey Morozov, no card preliminar, o peso galo (até 61,2kg.) foi um dos premiados com o bônus de US$50 mil (cerca de R$262 mil). A ‘bolada’ foi válida pela ‘Luta da Noite’. Tai Tuivasa e Jared Cannonier faturam ‘bolada’ por performances.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Após período de oscilação na categoria até 61,2kg., Douglas viveu um dos melhores momentos desde sua estreia no Ultimate. Depois de ser castigado por Morozov no primeiro round, o paraense protagonizou uma grande virada e conseguiu dar a volta por cima, ‘apagando’ o oponente com uma finalização na segunda etapa. Vítima do tupiniquim, Sergey, assim como Silva, leva o prêmio de US$50 mil.

Responsável por uma das imagens mais fortes do evento, Tai Tuivasa não podia ficar de fora da lista dos ‘melhores’. Na luta mais importante, até o momento, em sua trajetória no Ultimate, o australiano chocou ao brutalizar o experiente Derrick Lewis em duelo de nocauteadores. Pelo sucesso, o combatente também fatura o ‘cheque gordo’.

PUBLICIDADE:

Outro atleta que fez bonito e deu show de recuperação foi Jared Cannonier. Em embate importante para o peso médio (até 83,9kg.), o lutador passou por sufoco e quase foi finalizado por Derek Brunson nos primeiros cinco minutos, sendo salvo pelo gongo. O combatente, no entanto, voltou com outra postura e se aproveitou do desgaste do veterano, aplicando um nocaute cruel e apagando o adversário no card principal. Além do prêmio, o lutador também se aproximou de uma disputa de cinturão na categoria.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano