Criticado por Jedrzejczyk, Covington afirma que mágoa da polonesa se dá por suposta ‘rejeição amorosa’

Estrela do UFC 272 volta a polemizar contra atletas da American Top Team e garante que ex-campeã do Ultimate tentou flerte no passado

C. Covington e J. Jedrzejczyk foram companheiros de equipe na American Top Team. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Estrela no UFC 272, Colby Covington decidiu rebater as críticas feitas por Joanna Jedrzejczyk, antiga companheira de equipe do atleta na American Top Team (ATT). Depois de ser acusado de arrogância pela polonesa, o norte-americano decidiu causar e dar sua versão do motivo da mágoa da ex-campeã do Ultimate. Segundo o ‘Caos’, o rancor tem relação com flertes do passado.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eles (antigos companheiros na ATT) são muito egocêntricos. Não podiam suportar alguém que estava perto deles na academia ficar no mesmo nível dentro do UFC. Assim, começaram a falar mal de mim na imprensa”, disse o lutador, em entrevista à ‘ESPN’.

Disposto a rebater Joanna, Colby seguiu. O atleta, então, polemizou ainda mais ao afirmar que a polonesa poderia estar com o ‘orgulho ferido’, após uma suposta rejeição amorosa.

PUBLICIDADE:

“Você falou sobre mim antes e estou me preparando para uma luta pelo cinturão. Nunca disse nada sobre você, nem me importo com você. Você costumava me mandar mensagens privadas depois do treino querendo flertar comigo e marcar encontros. Por causa disso, por eu não ter dado atenção, você ficou com raiva e começou a me criticar”, disparou Covington.

Neste fim de semana, Colby fará sua estreia na temporada 2022. Último desafiante ao cinturão dos meio-médios (até 77kg.), o norte-americano resolverá as diferenças com seu antigo melhor amigo, Jorge Masvidal, parceiro de treinos da época de American Top Team.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano